Ciclovia com Obra Licitada está sem Data


Prefeito diz que ligação Bangu-Campo Grande não é prioritária e só será retomada no segundo semestre.
A Ciclovia Bangu-Campo Grande, com trajeto previsto de dez quilômetros ao longo da Avenida Santa Cruz, foi adiada. O prefeito Cesar Maia descarta a sua construção antes do segundo semestre, quando o projeto deverá ser retomado. A obra, licitada em junho do ano passado, e considerada prioritária na época, tinha prazo de conclusão de um ano. Enquanto a obra não sai, ciclistas dos dois bairros expõem-se a risco de atropelamento na movimentada via, com intenso tráfego de ônibus e caminhões.
O prefeito diz que há outros projetos sendo realizados na região:

— É tudo uma questão de cronograma. Obras estão sendo realizadas na frente, como o Rio-Comunidade, o Favela-Bairro e o Rio Cidade. Para a bicicleta existe sempre uma alternativa, mas para a lama não há.

De acordo com a Riourbe, a obra, orçada em R$ 7,5 milhões, aguarda a liberação de dotação orçamentária. O projeto original inclui a reurbanização de seis praças ao longo do trajeto. A pista, projetada pelo Instituto Pereira Passos (IPP), começa na Rua da Feira, em Bangu, e termina na Rua Arthur Rios, em Campo Grande.

Na época da licitação, a Secretaria municipal de Urbanismo estimava que a obra seria iniciada 30 dias após o anúncio dos resultados, ou seja, em julho de 2003.

Enquanto os ciclistas de Bangu e de Campo Grande aguardam a ciclovia, os de Santa Cruz ganharam melhorias por conta do Rio Cidade, que instalou 34 bicicletários na região. Ao todo, foram abertas 320 vagas para bicicletas: 80 na Rua Senador Camará, 80 na Rua Felipe Cardoso e 160 perto da estação da SuperVia.
Usuários dos bicicletários aprovaram a sua instalação, mas se apressam em reivindicar mais equipamentos para o bairro, levando-se em conta a grande demanda. Ainda é possível ver bicicletas amarradas a postes e a muretas da estação de trem.
— Estou usando o bicicletário pela primeira vez. Gostei dos equipamentos, mas acho que poderia haver outros no bairro — diz a estudante Jane Eyre da Silva, que prefere pedalar pelo bairro a andar de ônibus.
A Secretaria municipal de Obras informa que, inicialmente, estavam previstas 280 vagas para bicicletas no Rio Cidade Santa Cruz, mas a prefeitura decidiu instalar mais equipamentos.
De acordo com a assessoria de imprensa da secretaria, será avaliada a necessidade de instalação de mais bicicletários na área, para atender aos usuários.


28/03/2004

Fonte: O Globo

 

Curso Licitações

18/12/2018

Legislativo andreense reabre licitação para controle de acesso

A Câmara de Santo André oficializou a retomada de licitação que tem co...

18/12/2018

Beto Preto autoriza licitação de asfalto em mais quatro bairros

O Departamento de Compras e Licitação da Prefeitura de Apucarana já tr...

17/12/2018

CNPE autoriza licitações para áreas exploratórias de petróleo e gás natural

Em reunião realizada nesta segunda-feira, foi definido que as duas rod...

17/12/2018

Licitação para a implantação do teleférico de Juazeiro deve ocorrer neste mês

O turismo religioso que movimenta também a economia da Região do Carir...
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita