Quatro empresas se apresentam para licitação do aqüífero Guarani


Empresas de Brasil, Canadá, Espanha e África do Sul apresentaram-se hoje, quinta-feira, em Montevidéu para concorrer à licitação internacional pela cartografia e confecção do mapa do aqüífero Guarani, localizado no Mercosul e considerado uma das maiores reservas de água doce do mundo.
A licitação é parte do Projeto para a Proteção Ambiental e o Desenvolvimento Sustentável do Sistema Aqüífero Guarani, que tem o amparo da Organização dos Estados Americanos (OEA) e do Banco Mundial (BM).
A cerimônia de abertura foi liderada pelo ministro uruguaio de Transporte e Obras Públicas, Lucio Cáceres, e pelo secretário-geral do projeto, o brasileiro Luiz Amore.
As empresas que se apresentaram à licitação, com suas respectivas propostas para realizar a cartografia e o mapa do aqüífero, são a brasileira Imagem Sensoriamento Remoto, com 3.490.000 reais (cerca de 1.135.000 dólares); o canadense Tecsult Internacional Limited, com 450.000 dólares; o consórcio espanhol Nipsa Stereocarto, com 721.882 dólares; e o Conselho de Geociências da África do Sul, com 979.487 dólares.
"Estamos muito satisfeitos com o resultado da licitação, porque todos as propostas são de empresas de primeiro nível", destacou Amore à EFE.
Cada um dos interessados teve que apresentar garantias de 10.000 dólares.
Agora está aberto um período de duas a três semanas para o estudo das propostas pelo comitê avaliador, integrado por delegados dos quatro países que integram o Mercosul, Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai, onde se encontra o aqüífero.
Depois o resultado da avaliação será levado aos quatro governos para sua aprovação, e em seguida, entre setembro e outubro, passará pela consideração da OEA para a assinatura do contrato com a empresa que for vencedora.
A empresa que ganhar a licitação terá um prazo de oito meses para elaborar a cartografia básica e a confeccionar o mapa do aqüífero.
Cáceres destacou a "enorme importância" para o Mercosul "e para todo o mundo" das reserva de água do aqüífero Guarani.
"Devemos conhecer melhor a localização e a qualidade do aqüífero para poder resolver os problemas que podem surgir no futuro", acrescentou.
O aqüífero Guarani é um dos maiores reservatórios de água subterrânea do mundo, com aproximadamente 37.000 quilômetros cúbicos acumulados.
Está localizado na parte leste e centro-sul da América do Sul e se estima que tem uma superfície total de 1.190.000 quilômetros quadrados, sendo 850.000 no Brasil, 225.000 na Argentina, 70.000 no Paraguai e 45.000 quilômetros quadrados no Uruguai.
A água pode ser encontrada em profundidades que vão de 50 a 1.500 metros e com temperaturas que variam entre 33 e 65 graus centígrados.
O Projeto para a Proteção Ambiental e Desenvolvimento Sustentável do Sistema Aqüífero Guarani foi criado com a finalidade de apoiar os quatro países a elaborar e implementar um plano institucional, legal e técnico comum que maneje e preserve o aqüífero para as gerações futuras.


01/07/2004

Fonte: Terra

 

Curso Licitações

28/05/2024

Prefeitura lança edital de licitação para obras de pavimentação de 32 ruas em Triunfo; obras..

A Prefeitura de Triunfo, lançou o edital de licita...

28/05/2024

Licitação para concessão de água e esgoto em Divinópolis será em julho

A Prefeitura de Divinópolis publicou o edital para...

28/05/2024

Lajeado Novo lança licitação milionária para material de escritório

A Prefeitura de Lajeado Novo anunciou um
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita