CAE deve votar hoje exigência de pregão eletrônico


A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado deve votar hoje projeto de lei que altera as regras de licitações públicas. A principal mudança é a exigência dos pregões eletrônicos como principal mecanismo do governo para compra de mercadorias e serviços. Entre as propostas está ampliar o uso do pregão para diversos serviços, até o limite de R$ 3,4 milhões. Com isso, perto de 90% das obras públicas poderão ser licitadas por meio eletrônico. O presidente da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), Paulo Safady Simão, é contra a medida. Na sua visão, empresas podem ganhar licitações ao oferecer preços baixos, mas não terão condições de entregar a obra. O presidente da CAE, Aloizio Mercadante (PT-SP) defende o novo limite.


02/10/2007

Fonte: Economia em Dia - Notícias

 

Curso Licitações

01/01/2024

Cursos On Line AO VIVO - Nova Lei de Licitação e Contratação Pública

O Curso On Line Ao Vivo da Nova Lei de Licitação e...

29/01/2024

Curso On Line - Ao Vivo de Formação de Analista de Licitação e Contratação Pública

O Curso de formação Analista de Licitação ONLINE A...

15/01/2024

Cursos Presenciais - Nova Lei de Licitação e Contratação Pública - Florianópolis/SC

O Curso Presencial da Nova Lei de Licitação e Cont...
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita