Nova lei de saneamento privilegia parcerias


São Paulo - O secretário de Saneamento do Ministério das Cidades, Abelardo de Oliveira Filho, afirma que a proposta do novo marco regulatório do setor dará preferência a concessões e parcerias com a iniciativa privada. Faz sentido. A necessidade de investimento é de R$ 178 bilhões e os recursos públicos são escassos. Há certeza também sobre outro ponto: o poder concedente fica com os municípios.


26/04/2004

Fonte: Gazeta Mercantil

 

Avisos Licitações

18/12/2018

Legislativo andreense reabre licitação para controle de acesso

A Câmara de Santo André oficializou a retomada de licitação que tem co...

18/12/2018

Beto Preto autoriza licitação de asfalto em mais quatro bairros

O Departamento de Compras e Licitação da Prefeitura de Apucarana já tr...

17/12/2018

CNPE autoriza licitações para áreas exploratórias de petróleo e gás natural

Em reunião realizada nesta segunda-feira, foi definido que as duas rod...

17/12/2018

Licitação para a implantação do teleférico de Juazeiro deve ocorrer neste mês

O turismo religioso que movimenta também a economia da Região do Carir...
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita