Nova lei de saneamento privilegia parcerias


São Paulo - O secretário de Saneamento do Ministério das Cidades, Abelardo de Oliveira Filho, afirma que a proposta do novo marco regulatório do setor dará preferência a concessões e parcerias com a iniciativa privada. Faz sentido. A necessidade de investimento é de R$ 178 bilhões e os recursos públicos são escassos. Há certeza também sobre outro ponto: o poder concedente fica com os municípios.


26/04/2004

Fonte: Gazeta Mercantil

 

Avisos Licitações

25/04/2019

Licitação para contratar serviços de roçada pode demorar um pouco

Enquanto tramita uma licitação para contratar a empresa que ...

25/04/2019

Vila Velha abre licitação para sistema de patinetes e bicicletas elétricas compartilhadas

Vila Velha vai receber, além dos patinetes elétricos, bicicl...

25/04/2019

Melhoria em sistema operacional do aeroporto de Bonito será adquirido por licitação

Será realizado nos próximos dias, um processo licitatório p...
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita