Funcionários do Cristo Redentor ganharam prazo para defesa


Auditoria do TCU apontou de indícios superfaturamento na compra de próteses
Os quinze funcionários suspeitos de fraude em licitações no Hospital Cristo Redentor, em Porto Alegre, ganharam nesta segunda, dia 19, prazo de 20 dias para apresentar a defesa final. O processo administrativo que apura o suposto esquema deve estar concluído até o final do próximo mês.

Auditoria do Tribunal de Contas da União apontou indícios de favorecimento e superfaturamento na compra de órteses e próteses no Hospital. As denúncias estão sendo investigadas pelo Ministériio Público Federal.


19/04/2004

Fonte: Rádio Gaúcha

 

Curso Licitações

12/12/2018

Curso de Licitações Públicas em São Paulo

Quer treinar sua equipe para obter melhores resultados nos processos d...

14/12/2018

Iniciada há quatro anos, creche do Pró-Infância em Santa Maria passará por nova licitação na..

Iniciada em 2014 e com previsão de término no ano seguinte, uma das ob...

14/12/2018

Projeto exige transmissão ao vivo das concorrências das licitações do Estado

O deputado Manoel Ludgério (PSD) apresentou um Projeto de Lei com base...

13/12/2018

Liminar suspende licitação milionária da Central de Trânsito de Blumenau

A Justiça suspendeu a licitação de compra de equipamentos para estrutu...
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita