Urbanitários querem saneamento fora da PPP


A comissão especial que estuda o projeto das Parcerias Público-Privadas (PL 2546/03) aguarda a discussão do substitutivo do relator, deputado Paulo Bernardo (PT-PR).

A Frente Nacional de Saneamento Ambiental, formada por vários sindicatos de trabalhadores de empresas de saneamento, quer que o relator faça uma ressalva no projeto para que as empresas de saneamento não possam participar de projetos nem de licitações nas Parcerias Público-Privadas, pois consideram que a água é um serviço essencial.

O secretário da Federação Nacional dos Urbanitários, Antônio Emilson de Carvalho, afirma que, a partir do momento em que a iniciativa privada comandar a água e o saneamento, poderá decidir implantar serviços em lugares que não são prioritários, levando em conta o fator econômico em vez das prioridades. Segundo ele, do total dos serviços na área, 80% vão para as residências e apenas 20% para as indústrias. Carvalho também teme um aumento de tarifas.


17/02/2004

Fonte: Agência Camara

 

Avisos Licitações

15/06/2019

Juquitiba abre licitação para conceder transporte público

A prefeitura de Juquitiba, na Grande São Paulo, anunciou abe...

14/06/2019

Prefeitura faz esclarecimentos sobre licitação do serviço de limpeza pública

Para prestar esclarecimentos sobre a contratação do serviço ...

15/06/2019

Estado abre consulta pública para licitação de transporte escolar

O Governo do Estado deu início ao processo de licitação do s...

14/06/2019

Nova Lei de Licitações e projetos ambientalistas continuam na pauta do Plenário

Devido ao feriado de Corpus Christi, o Plenário da Câmara do...
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita