A Mudança na ANATEL


A troca do presidente da Anatel, primeiro sapo engolido pela área econômica, foi festejada pela ala esquerda do governo, ausência de outro nome para designar os que reclamam teses esquecidas, como o fortalecimento do papel regulador do Estado e a busca de mais igualdade social.

Embora nenhuma mudança na orientação econômica vá decorrer deste episódio — a entrevista coletiva de Palocci ontem foi um aviso aos navegantes — ele deu início à prometida ruptura do modelo regulador que transferiu às agências, além da fiscalização, a própria formulação de políticas públicas para os serviços privatizados. Miro Teixeira abriu o caminho para que mudanças ocorram também na Aneel e na ANP. Talvez não antes do envio ao Congresso do projeto que altera a estrutura e o papel das agências.

No caso da Anatel, as contradições entre a agência e as diretrizes do ministério eram flagrantes. Agora, por exemplo, será prioridade do novo presidente, Pedro Jaime Ziller, a abertura da consulta pública para licitação do novo serviço de telecomunicações que, usando os recursos do Fust, levará a internet às escolas públicas. No governo passado a Anatel sempre bloqueou o projeto, segurando os recursos para o superávit fiscal. Lula e Miro fizeram dele uma prioridade mas nunca chegaram a um bom acordo com a Anatel.


08/01/2004

Fonte: O Globo

 

Avisos Licitações

20/04/2019

Fundação Cultural de Uberaba divulga edital para contratação de artistas

A Fundação Cultural de Uberaba (FCU) publicou no Porta-Voz d...

20/04/2019

Contratações públicas devem se pautar pela inovação, dizem advogados

É preciso pensar as contratações na área pública dentro da l...

20/04/2019

Cuiabá terá dois novos terminais de ônibus e estação na rodoviária; veja locais

A Secretaria de Mobilidade Urbana de Cuiabá (Semob) revelou ...

19/04/2019

UFJF abre licitação para instalação de cantina no Jardim Botânico

A Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) abriu uma lici...
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita