Vale vence licitações para produção de potássio e bauxita


RIO - O presidente da Companhia Vale do Rio Doce, Roger Agnelli, anunciou ontem a vitória em duas licitações internacionais, uma para produção de potássio, na Argentina, e outra para produção de bauxita, no Amazonas.
A empresa investirá US$ 15 milhões na província argentina de Neuquém para estudar a mina, cujo potencial de produção foi estimado por Agnelli em 1 milhão de toneladas por ano. A área é rica em potássio, mas ainda não tem produção do mineral, fundamental para a fabricação de fertilizantes.
Segundo o executivo, a demanda por potássio tem crescido, influenciada pelo aquecimento do setor de agronegócio. Agnelli ressaltou que a Vale é a maior produtora do mineral do Brasil, com 15% do mercado. De acordo com ele, o país é essencialmente importador do produto e as reservas nacionais da Vale devem durar mais cerca de dez anos.
Além disso, o presidente da Vale anunciou que a companhia venceu a licitação da Paranapanema para a produção de bauxita na mita de Pitinga, no Amazonas. Serão investidos inicialmente US$ 20 milhões para estudar e avaliar a área, localizada entre 200 km e 250 km ao norte de Manaus. Segundo ele, o minério local é de boa qualidade e o estado apresenta boas condições em relação ao fornecimento de energia.


17/11/2004

Fonte: Globo Online

 

Curso Licitações

02/02/2023

Prefeitura de SP abre licitação para manutenção das ciclovias da capital

A Prefeitura de São Paulo, através da SMT (Secreta...

01/02/2023

Prefeitura divulga edital de licitação para construção de um novo ESF Caçador

Os moradores do bairro Caçador ganharão uma nova s...

01/02/2023

Prefeitura de Taubaté revoga licitação para compra de material escolar

A prefeitura de Taubaté revogou a licitação para c...
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita