Governo pode usar a web para todas as contratações


Segundo informações do ministério do Planejamento, um dos pontos do Programa de Aceleração do Crescimento, apresentado ontem pelo presidente Lula, pode estender o uso da internet para todas as contratações feitas pelo governo federal.
O PAC inclui uma proposta de alteração da Lei Geral de Licitações 8.666, de 1993, que limita as negociações do governo à modalidade de pregão eletrônico.
Entre as propostas do novo texto também está a possibilidade de inversão de fases das compras públicas. Ou seja, a análise das propostas de preços passa a ser feita pelo governo antes da análise da habilitação.
Atualmente, a lei 8.666 propõe a lógica inversa, o que acaba atrasando o processo, comenta o IDG Now.
O pregão, que já utiliza a inversão das fases, mostra agilidade. Enquanto a contratação por meio de pregão eletrônico leva em média 17 dias, a tomada de preços demora 90 dias e a concorrência cerca de quatro meses.


23/01/2007

Fonte: Cidade Biz

 

Avisos Licitações

17/06/2024

Prefeitura de SP vai gastar R$ 34 milhões para fiscalizar a retomada das obras do sistema viário e..

A prefeitura de São Paulo decidiu retomar as obras...

17/06/2024

Metrô abre nova licitação de naming rights da estação Vergueiro

O Metrô de São Paulo publicou nesta segunda-feira,...

16/06/2024

Projeto e Licitação do Asfalto da Baronesa da Limeira até SC 283 são anunciados

O acesso da Linha Baronesa da Limeira até a SC 283...

16/06/2024

Governador anunciou a segunda turma de Direito da Uems com mais 50 vagas e lançou licitação de..

O governador de Mato Grosso do Sul, Eduardo Riedel...
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita