Economia com pregão é de R$ 26 milhões em onze meses


O Governo do Estado contabilizou uma economia de R$ 26 milhões, de janeiro a novembro de 2005, com a utilização do pregão nas suas aquisições. O resultado positivo para os cofres públicos, que se reflete em benefícios para a sociedade, vem sendo comemorado há três anos, desde que o pregão foi considerado a principal modalidade de compra para Mato Grosso.
O pregão funciona como um leilão invertido. Os fornecedores disputam, por meio de lances públicos, quem oferece o menor preço pelo produto ou serviço que o Estado necessita, obedecendo a todas as especificações do edital de licitação.
A diferença entre o preço de mercado para compra dos produtos e contratação dos serviços (R$ 151,5 milhões) e o valor efetivamente pago pelo Governo do Estado (R$ 124,5 milhões) é de 17,8%. Daí a economia de R$ 26 milhões.
O secretário de Administração, Geraldo de Vitto Jr, explica que os benefícios do pregão vão além da economia. “A economia é o resultado mais evidente da implantação no pregão, mas é importante ressaltar que agora as pessoas têm acesso ao que o Governo do Estado está comprando, quanto se pagou e de quem comprou. Isso é transparência administrativa”, disse De Vitto.
Um bom exemplo de economia, diz o superintendente de Aquisições da SAD, Ronaldo Ibarra Papa, se faz com a aquisição de computadores. Em 2002, antes da implantação do pregão para as compras públicas, o computador era adquirido por R$ 3, 8 mil. Em três anos, o preço do mesmo equipamento baixou para R$ 2,6 mil. O papel A4, que é consumido em todos os setores públicos era comprado por R$ 123 e hoje se paga R$ 90,50.

TRANSPARÊNCIA
Em onze meses, foram realizadas 571 sessões de pregão. As empresas mato-grossense representam a maioria dos fornecedores do Governo do Estado. Do total das empresas, 82,67% são de Mato Grosso. “Isso também é um fomento para o comércio local”, afirma De Vitto.
No site da Secretaria de Administração (www.sad.mt.gov.br), estão disponíveis informações atualizadas dos editais de compras do Governo, a relação das empresas cadastradas para fornecer ao Estado e também podem acompanhar ao vivo, pela internet, uma sessão de compra, por meio das câmaras instaladas nas salas de pregão, ou se preferir por até mesmo participar de uma sessão pública de compra. O calendário de compras, também está disponível no site para consulta pública.


29/12/2005

Fonte: Diário de Cuibá

 

Avisos Licitações

23/04/2024

PG abre licitação de quase R$ 8 mi para formar 'muralha digital'

A Prefeitura Municipal de Ponta Grossa abriu uma l...

23/04/2024

Ceasa-ES anuncia abertura de licitação para solução de controle e acesso

Na última quarta-feira (17), a Centrais de Abastec...

23/04/2024

PMJP fará licitação para construir ponte Mangabeira-Valentina

Abrindo as comemorações do aniversário de 41 anos ...
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita