Votação do projeto que cria a Parceria Público-Privada é adiada para setembro


BRASÍLIA - O impasse em torno do projeto de lei que cria a Parceria Público-Privada (PPP) fez com que os líderes aliados adiassem a votação da proposta para o próximo esforço concentrado, marcado para setembro, segundo o líder do Governo no Senado, Aloizio Mercadante (PT-SP).
A idéia, segundo Mercadante, é ampliar as discussões sobre o projeto até setembro, para que ele possa ser votado na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado com tranquilidade.
Amanhã, os líderes dos partidos da base aliada do governo e da oposição vão se reunir para discutir o projeto da PPP. Segundo Mercadante, os obstáculos políticos à matéria foram superados, mas ainda é necessário discutir pontos apresentados pela oposição que não estão no texto. “A disposição hoje no Senado é de diálogo e de buscar negociar o melhor projeto para o país. Vamos, a partir de amanhã, retomar as negociações e verificar quais são as sugestões que possamos aprimorar. Aquilo que for racional, que ajudar a melhorar o rigor da lei no processo licitatório, assegurar a estabilidade dos contratos para dar segurança aos investidores, seguramente será incorporado ao projeto e ajudará na aprovação”, disse Mercadante.


25/08/2004

Fonte: Agência Brasil

 

Avisos Licitações

29/05/2024

Projeto da nova ponte sobre a ERS-431 avança com abertura de licitação

O tão aguardado projeto da nova ponte sobre a ERS-...

28/05/2024

Governo de MT lança licitação para restaurar 39,9 km de rodovia até região do Pantanal

A Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logísti...

29/05/2024

Prefeitura de Maringa republica licitação para contratar empresa para remoções de arvores

A Prefeitura de Maringá republicou, na tarde dessa...
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita