Vitória receberá R$ 90,5 milhões do PAC para saneamento e infra-estrutura


Vitória receberá um total de recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) de R$ 90,5 milhões. O anúncio foi feito na noite desta terça-feira, em Brasília. A verba será aplicada em diferentes regiões da capital capixaba, como no saneamento básico da região de São Pedro e Santo Antônio, na infra-estrutura dos bairros Forte São João, Cruzamento e Jucutuquara, além de galerias em Bairro República e Jardim Camburi.
A audiência contou com a participação do prefeito João Coser, do assessor de Projetos Especiais do Gabinete, João Luiz Paste, a chefe da Casa Civil Dilma Rousseff e com o ministro das Cidades Márcio Fortes, além do vice-presidente da Caixa Econômica Federal, Jorge Ereda.
De acordo com a assessoria de imprensa da Prefeitura de Vitória, o dinheiro do PAC será repartido em R$ 21,5 milhões para obras de Saneamento e Esgotamento Sanitário na região da Grande Santo Antônio e Grande São Pedro. O projeto total está orçado em R$ 57,5 milhões (a prefeitura irá investir R$ 6 milhões, a Caixa Econômica Federal R$ 30 milhões e os recursos do PAC representarão R$ 21,5 milhões). Moradores de 17 bairros, que compõem as duas regiões, serão beneficiados.
O segundo projeto contemplado com recursos federais vai receber R$ 37 milhões para intervenções do Projeto Terra, para a região do Forte São João, Cruzamento e Alto Jucutuquara. As obras se concentrarão em drenagem,sistema viário e equipamentos públicos e rede de água e esgoto. Cerca de 10 mil moradores serão beneficiados.
A prefeitura informou inda que a audiência com o João Coser garantiu, também, a liberação de R$ 32 milhões em recursos para a regional que engloba São Benedito, Bonfim, Alto Itararé e Bairro da Penha. “Também foi solicitada à Casa Civil a liberação de R$ 20 milhões para obras em galerias pluviais em Bairro República e Jardim Camburi com objetivo de melhorar o sistema de drenagem da região. Os projetos estão em fase de conclusão, e por isso serão avaliados pelo governo federal", declarou Coser.
A expectativa é de que os recursos sejam liberados assim que os processos de licitação para contratação das obras forem concluídos, o que deve ocorrer em cerca de 90 dias. A reunião, que terminou às 19h, foi convocada pela Casa Civil junto aos municípios com mais de 150 mil habitantes no Espírito Santo.


16/05/2007

Fonte: Gazeta On Line

 

Curso Licitações

15/07/2024

Processo de licitação para obras no Parque Ecológico Bernardo Sayão, no Lago Sul, é aberto

A Agência de Desenvolvimento do Distrito Federal (...

15/07/2024

Licitação para aluguel de 400 ônibus para São José dos Campos (SP) fracassa pela quinta vez

A tentativa de São José dos Campos, no interior de...

15/07/2024

Prefeitura vai contratar projetos de mais 70 ruas para pavimentação urbana e rural

Concórdia – O prefeito de Concórdia, Rogério Pache...
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita