Usina de interesse da Copel não será licitada


SÃO PAULO - Após ser divulgada a lista de novas usinas que participarão do leilão de energia nova, a Copel, empresa interessada nos projeto Mauá, excluído da lista de participantes, não deverá participar da licitação, informou o Banco Pactual.
Segundo os analistas do BES (Banco Espírito Santo), a Copel esperava, a princípio, leiloar a capacidade de Araucária. Como esta planta não foi qualificada a participar do leilão, a Copel mostrou interesse pelas plantas de Salto Grande, e Mauá.
Usinas de interesses da Copel não serão licitadas
Entretanto, entre as 12 usinas previstas para participar do leilão de energia nova, apenas sete configuram a listas daquelas que efetivamente participarão da licitação, sendo estas Retiro Baixo, Foz do Rio Claro, Baguari, Simplício, Paulistas, Poasso São João e São José.
Ou seja, como nenhum dos projetos pelos quais a Copel se interessou ficou entre os sete, espera-se que a companhia deixe de participar do evento. As 12 usinas totalizam uma capacidade de 776,4 MW, cerca de 27% dos 2.828 MW inicialmente projetados pelo governo.


16/12/2005

Fonte: InfoMoney

 

Curso Licitações

07/10/2022

Cursos Presenciais - Nova Lei de Licitação e Contratação Pública

O Curso Presencial da Nova Lei de Licitação e Cont...

03/02/2023

MPF divulga pregão eletrônico para aquisição de água mineral para unidade no PI

O Ministério Público Federal (MPF) torna público o...

03/02/2023

Licitação para ampliação do aeroporto de Cachoeiro pode sair neste ano

O projeto de reforma e ampliação do Aeroporto Muni...

03/02/2023

Raquel Lyra abre nova licitação de R$ 303 milhões. Saiba para qual finalidade

O Governo do Estado abriu uma licitação de R$ 303....
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita