Urbanitários querem saneamento fora da PPP


A comissão especial que estuda o projeto das Parcerias Público-Privadas (PL 2546/03) aguarda a discussão do substitutivo do relator, deputado Paulo Bernardo (PT-PR).

A Frente Nacional de Saneamento Ambiental, formada por vários sindicatos de trabalhadores de empresas de saneamento, quer que o relator faça uma ressalva no projeto para que as empresas de saneamento não possam participar de projetos nem de licitações nas Parcerias Público-Privadas, pois consideram que a água é um serviço essencial.

O secretário da Federação Nacional dos Urbanitários, Antônio Emilson de Carvalho, afirma que, a partir do momento em que a iniciativa privada comandar a água e o saneamento, poderá decidir implantar serviços em lugares que não são prioritários, levando em conta o fator econômico em vez das prioridades. Segundo ele, do total dos serviços na área, 80% vão para as residências e apenas 20% para as indústrias. Carvalho também teme um aumento de tarifas.


17/02/2004

Fonte: Agência Camara

 

Curso Licitações

07/10/2022

Cursos Presenciais - Nova Lei de Licitação e Contratação Pública

O Curso Presencial da Nova Lei de Licitação e Cont...

03/02/2023

MPF divulga pregão eletrônico para aquisição de água mineral para unidade no PI

O Ministério Público Federal (MPF) torna público o...

03/02/2023

Licitação para ampliação do aeroporto de Cachoeiro pode sair neste ano

O projeto de reforma e ampliação do Aeroporto Muni...

03/02/2023

Raquel Lyra abre nova licitação de R$ 303 milhões. Saiba para qual finalidade

O Governo do Estado abriu uma licitação de R$ 303....
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita