Tribunal de Contas da União suspende licitação do Banco do Brasil


O TCU (Tribunal de Contas da União) estipulou prazo de 15 dias para que o Banco do Brasil anule uma licitação por entender que há irregularidades no edital. O documento refere-se a serviços de operação de equipamentos e gerenciamento, além de supervisão preventiva e corretiva de equipamentos e instalações.
O tribunal acatou representação da Active Engenharia Ltda. A empresa argumentou que "a licitação do tipo 'técnica e preço', só deve ser utilizada para contratação de serviços de natureza intelectual, que não era o caso".
A empresa também apontou que a licitação exigia que as empresas estivessem há dez anos no mercado, o que, segundo ela, teria restringido o caráter competitivo da licitação.
O ministro do TCU Benjamin Zymler, relator do processo, considerou que as irregularidades constatadas infringem também o princípio da isonomia, suficiente para anulação da licitação.


04/05/2007

Fonte: Folha Online

 

Curso Licitações

01/01/2024

Cursos On Line AO VIVO - Nova Lei de Licitação e Contratação Pública

O Curso On Line Ao Vivo da Nova Lei de Licitação e...

29/01/2024

Curso On Line - Ao Vivo de Formação de Analista de Licitação e Contratação Pública

O Curso de formação Analista de Licitação ONLINE A...

15/03/2024

Cursos Presenciais - Nova Lei de Licitação e Contratação Pública - Florianópolis/SC

O Curso Presencial da Nova Lei de Licitação e Cont...
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita