Transportes quer mais R$ 225 mi para BR- 101


Somados aos recursos do orçamento deste ano, o ministério vai ter R$ 497,5 mi para duplicação
O ministro dos Transportes, Alfredo Nascimento, disse à senadora Ideli Salvatti (PT) e ao deputado federal Jorge Boeira (PT) que vai pedir ao Ministério do Planejamento que suplemente o orçamento do ano que vem para duplicação da BR-101 entre Palhoça e Osório (RS). No Orçamento Geral da União (OGU-2005), enviado ao Congresso no final de agosto, o ministério destinou R$ 135 milhões para a obra. A idéia é ampliar esse investimento em R$ 225 milhões, chegando a R$ 360 milhões. Somados aos recursos do orçamento deste ano (R$ 137,5 milhões), o ministério vai ter R$ 497,5 mi para a duplicação, bem próximo do valor prometido por Nascimento, que era R$ 500 milhões.
Mas essa não foi a única boa notícia que saiu da reunião. O presidente da Comissão de Licitações do Departamento Nacional de Infra-estrutura de Transportes (DNIT), Sebastião Donizete de Souza, disse que amanhã serão abertas as propostas financeiras das empresas concorrentes ao serviço de Supervisão da Obra de duplicação. Ainda há um receio em relação a essa data porque os servidores do departamento estão em greve e pode haver um pequeno ajuste.

Expectativa
A concorrência do serviço de Gerenciamento Ambiental andou mais rápido do que a expectativa do DNIT e terá a conclusão da avaliação das propostas técnicas das três empresas concorrentes encerradas na terça-feira, dia 9. E é com essa visão otimista que os parlamentares, o ministro e os técnicos do DNIT trataram até da ida do presidente Luiz Inácio Lula da Silva à Santa Catarina, ainda em novembro, para assinar as ordens de serviço para início da duplicação. "O presidente chegou a ligar para o ministro perguntando quando iria viajar para assinar as ordens de serviço. Mas teremos uma nova reunião na próxima terça-feira, quando será possível precisar melhor a data da viagem do presidente. é bem provável que ela vá a Santa Catarina entregar as ordens de serviço e ainda este mês", comentou Ideli. Segundo ela, os recursos suplementares para a duplicação serão discutidos até o final dessa semana e na semana que vem haverá a redação do anexo ao orçamento. "Não será apenas uma suplementação para a BR-101. Será uma mudança em todo orçamento, levando em conta o aumento do PIB acima do esperado", explica.
O cálculo otimista do ministério leva em conta, ainda, que as empresas concorrentes nos serviços de Gerenciamento Ambiental e Supervisão da Obra não ingressaram com novos recursos contra os processo licitatório.


04/11/2004

Fonte: AN Agora

 

Avisos Licitações

01/01/2024

Cursos On Line AO VIVO - Nova Lei de Licitação e Contratação Pública

O Curso On Line Ao Vivo da Nova Lei de Licitação e...

29/01/2024

Curso On Line - Ao Vivo de Formação de Analista de Licitação e Contratação Pública

O Curso de formação Analista de Licitação ONLINE A...

15/03/2024

Cursos Presenciais - Nova Lei de Licitação e Contratação Pública - Florianópolis/SC

O Curso Presencial da Nova Lei de Licitação e Cont...

19/04/2024

Orçada em R$ 3 milhões: Paço marca licitação para obra de alargamento da Av. dos Estudantes

A prefeitura marcou, para o próximo dia 30, a lici...
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita