Teles aceitam limites para participar do leilão


Para desobstruir o leilão das faixas de 3,5 GHz e 10,5 GHz (que podem ser exploradas para o WiMax), paralisado a pedido do Tribunal de Contas da União (TCU), a Abrafix (Associação Brasileira das Concessionárias de Serviço Telefônico Comutado) sugere negociar com a Anatel algumas limitações à operação para garantir a competição.
“Poderíamos, por exemplo, não entrar em determinadas cidades acima de X habitantes, ou só entrar nessas cidades após um determinado período”, afirmou o presidente da entidade, José Fernandes Pauletti.
O que a entidade não entende, segundo o executivo, é porque não é possível que as concessionárias participem em nome da concorrência.
“Não há argumentos lógicos. Se todas as concessionárias comprarem as freqüências, estas vão ocupar no máximo um quarto do espectro. Já existem outros players, como a Embratel, em outras faixas licitadas não configurando monopólio”, diz Pauletti. Para a Abrafix, o impedimento da entrada das concessionárias seria a “proteção a um grupo só”, diz, referindo-se à Telmex.


06/12/2006

Fonte: Ti Inside

 

Avisos Licitações

01/01/2024

Cursos On Line AO VIVO - Nova Lei de Licitação e Contratação Pública

O Curso On Line Ao Vivo da Nova Lei de Licitação e...

29/01/2024

Curso On Line - Ao Vivo de Formação de Analista de Licitação e Contratação Pública

O Curso de formação Analista de Licitação ONLINE A...

15/03/2024

Cursos Presenciais - Nova Lei de Licitação e Contratação Pública - Florianópolis/SC

O Curso Presencial da Nova Lei de Licitação e Cont...

19/04/2024

Orçada em R$ 3 milhões: Paço marca licitação para obra de alargamento da Av. dos Estudantes

A prefeitura marcou, para o próximo dia 30, a lici...
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita