TCU suspende licitação da Funai por indícios de irregularidades


O Tribunal de Contas da União (TCU) determinou, por meio de medida cautelar, à Fundação Nacional do Índio (Funai) que suspenda o pregão eletrônico para aquisição de arquivos modulares deslizantes para pastas suspensas, pastas AZ e caixas Box, por indícios de irregularidades.
O TCU analisou representação da empresa OSA - Organizações e Sistemas de Arquivo Ltda., que alegou irregularidades na licitação. De acordo com a representante, o edital exigia, em um único item, que os licitantes fornecessem material permanente e de consumo, o que teria impedido sua participação no pregão eletrônico. Em sua defesa a empresa disse que nem todos os fabricantes de arquivos deslizantes, também fabricam pastas e vice-versa.
O tribunal ouvirá no prazo de 15 dias os responsáveis pelo pregão, bem como a empresa Erikon. O relator do processo é o ministro Augusto Sherman. A licitação ficará suspensa até que o tribunal decida sobre as irregularidades apontadas.


26/09/2006

Fonte: Verdes Mares (CE)

 

Avisos Licitações

17/04/2024

Arcoverde: Prefeitura é orientada a fazer licitação prévia para estrutura do São João

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) recomend...

17/04/2024

Prefeitura lança licitação para construção do Centro do Idoso, em Treze de Maio

A prefeitura de Treze de Maio lançou na última sem...

17/04/2024

Administração municipal de Barracão prepara lançamento da licitação da praça

A informação é do prefeito Jorge Luiz Santin, que ...

17/04/2024

Prefeitura publica licitação para construção da UBS do Jardim Andréa, a 36ª unidade de saúde..

Comprometida com a qualidade dos serviços de saúde...
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita