Sto.André e S.Bernardo economizam R$ 3,7 milhões com licitações eletrônicas


As prefeituras de Santo André e São Bernardo economizaram juntas no ano passado R$ 3,7 milhões com licitações eletrônicas, o que representa, em média, redução de 20% entre o valor cotado e o contratado no período. A diminuição dos custos é ainda maior se incluídos os gastos com publicação de editais. Além disso, o tempo entre o lançamento da licitação e a aquisição do produto ou serviço é reduzido pela metade nas concorrências pela Internet.
A prefeitura de Santo André realiza pregões eletrônicos desde 2002, quando contratou a empresa Paradigma Tecnologia de Negócios para dar suporte técnico às licitações pela Internet. No ano passado, dos R$ 12,3 milhões que a administração do prefeito João Avamileno (PT) esperava gastar com compras, contratou R$ 10 milhões, uma economia de 23% do que foi cotado para o que foi efetivamente comprado.
A expectativa da Prefeitura é aumentar ainda mais o uso da licitação eletrônica como ferramenta de modernização administrativa e economia de gastos. A proposta é ampliar até 2006 para R$ 18 milhões o total de recursos para compras por meio do pregão. A preocupação do governo petista é com a qualidade dos produtos a serem adquiridos. O diretor do Departamento de Materiais e Patrimônio da Secretaria de Administração e Modernização, Agnaldo Balon, explica que existe um projeto de homologação de marcas. O objetivo é fazer uma análise preliminar de produtos e de documentos e criar um banco de dados de empresas credenciadas. “Essa análise é necessária porque algumas licitações dependem de análise de amostra e dos documentos”, afirma Balon.
Na Prefeitura de São Bernardo a economia também foi significativa em 2004 com a utilização de licitações eletrônicas em várias modalidades. Foram aproximadamente 1,9 mil negociações on line que resultaram em uma economia de R$ 1,4 milhões. A administração do prefeito William Dib (PSB) esperava gastar R$ 7,6 milhões, mas contratou R$ 6,2 milhões, o que representa uma diminuição de 17,85% nos custos.
Neste ano, a expectativa é aumentar ainda mais essa modalidade de concorrência. Somente em janeiro e fevereiro já foram negociados no mercado R$ 2,8 milhões, mas a previsão era gastar R$ 3,2 milhões, uma economia de 21,8%. “Isso demonstra crescimento do mercado eletrônico”, afirma Gilberto Pasin, coordenador de Licitações e Materiais de São Bernardo.
Ferramenta – Apesar dos benefícios da licitação eletrônica, são poucos os municípios que se utilizam dessa ferramenta. Segundo Alexandre Truffi, gerente de projetos da Paradigma Tecnologia de Negócios – empresa responsável pela implementação do sistema em Santo André e São Bernardo – das 5,5 mil cidades brasileiras, menos de 20 realizam licitações eletrônicas. Para Truffi, esses municípios poderiam reduzir também o custo com funcionários, pois no sistema eletrônico são necessários apenas 10% do que é preciso numa licitação tradicional.
Análise feita pela Prefeitura de Santo André em 2003 dá exemplo de quanto ainda se pode economizar indiretamente com licitações eletrônicas. Em concorrência tradicional, o custo médio com publicação de editais, recursos, julgamentos e habilitação é de R$ 411; já no pregão eletrônico, é de R$ 82. A redução de custos se dá em razão da legislação ser menos burocrática com as licitações pela Internet. Ou seja, algumas das fases da concorrência são eliminadas e outras realizadas em uma só vez. Isso diminui o tempo do processo. Na licitação tradicional, é de 60 dias, em média. Na eletrônica, é de 25. “Além disso, não há gasto com locomoção dos representantes da empresa. Ganhamos em agilidade”, afirma o diretor de Santo André.


26/02/2005

Fonte: Diário do Grande ABC

 

Curso Licitações

02/02/2023

Prefeitura de SP abre licitação para manutenção das ciclovias da capital

A Prefeitura de São Paulo, através da SMT (Secreta...

01/02/2023

Prefeitura divulga edital de licitação para construção de um novo ESF Caçador

Os moradores do bairro Caçador ganharão uma nova s...

01/02/2023

Prefeitura de Taubaté revoga licitação para compra de material escolar

A prefeitura de Taubaté revogou a licitação para c...
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita