Saneamento pode ter mais dinheiro da CEF


Entre as medidas analisadas está o aumento de capital da CEF -com um aporte de recursos por parte do Tesouro- e a criação de fundos de investimentos específicos para essa finalidade. As medidas são necessárias porque a CEF está próxima do limite máximo de empréstimos que podem ser concedidos ao setor público -pelas normas em vigor, o banco só pode direcionar o equivalente a 45% de seu patrimônio em créditos ao setor público. Em números, esse limite corresponde a R$ 3 bilhões e já está praticamente preenchido pelos financiamentos já aprovados. Como a maioria dos projetos de saneamento é desenvolvida por empresas estatais estaduais, ou seja, para entidades do setor público, haveria pouco espaço para novos empréstimos. Uma saída seria injetar recursos por parte do governo, para elevar o patrimônio da CEF e, assim, aumentar o limite dos financiamentos. Além disso, estuda-se a criação de uma espécie de fundo de investimento específico para esse segmento -chamado fundo de direitos creditórios. Por meio desse instrumento, a CEF emprestaria recursos para empresas de saneamento e, posteriormente, repassaria os créditos para um fundo.


09/12/2004

Fonte: Comunidade da Construção

 

Avisos Licitações

28/05/2024

Prefeitura lança edital de licitação para obras de pavimentação de 32 ruas em Triunfo; obras..

A Prefeitura de Triunfo, lançou o edital de licita...

28/05/2024

Licitação para concessão de água e esgoto em Divinópolis será em julho

A Prefeitura de Divinópolis publicou o edital para...

28/05/2024

Lajeado Novo lança licitação milionária para material de escritório

A Prefeitura de Lajeado Novo anunciou um
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita