RS faz licitação de R$ 93 mi para publicidade


Enfrentando baixos índices de popularidade e falta de recursos para investimentos, a governadora do Rio Grande do Sul, Yeda Crusius (PSDB), lançou edital de licitação para publicidade no valor de R$ 92,9 milhões para 2008.
Seis agências serão escolhidas até o dia 31. Um dos critérios de seleção será o desenvolvimento de uma campanha-piloto, com foco na crise financeira do Estado.
O edital orienta as agências a apresentar a situação atual -o Estado prevê déficit orçamentário de R$ 1,27 bilhão neste ano- como uma "herança de diversos fatores, entre os quais a ausência de novos meios para financiar o déficit e de políticas voltadas para sanear as contas".
Segundo o documento, as agências terão que "comunicar para a sociedade a busca pelo equilíbrio fiscal", tendo como público-alvo a classe C.
Segundo o secretário de Comunicação do Estado, Paulo Fona, a campanha servirá como uma espécie de teste para as agências em disputa. O material produzido, segundo ele, poderá ser veiculado na mídia.
Do total de R$ 92,9 milhões previstos para publicidade em 2008, 72% serão destinados a propagandas do Banrisul. Outros 13% do bolo publicitário ficarão para promoção de estatais como CEEE (Companhia Estadual de Energia Elétrica), Corsan (Companhia Riograndense de Saneamento) e Caixa RS. Os demais 15% servirão para custear propagandas da administração direta e do gabinete da governadora.
Segundo Fona, dos R$ 92,9 milhões, cerca de R$ 1 milhão irá para campanhas publicitárias voltadas ao gabinete de Yeda e R$ 13 milhões serão distribuídos entre as secretarias.
Por causa da crise financeira, a administração direta do governo gaúcho praticamente não anunciou em 2007, pois precisou cortar despesas ao máximo. Em 2006, ainda na gestão Germano Rigotto (PMDB), foram gastos R$ 96 milhões em publicidade, distribuídos entre nove agências. Esses contratos venceram em novembro de 2007.
Os gastos publicitários do governo gaúcho no ano passado se concentraram no Banrisul, com R$ 18 milhões. Para 2008, a previsão de despesas de propaganda do banco é de R$ 65 milhões. O secretário disse que o Banrisul recebe a maior fatia de recursos publicitários porque "é um banco importante e disputa mercado."

"Más notícias"
No mês passado, ao fazer um balanço do primeiro ano de sua gestão, Yeda disse que apenas "más notícias" foram assimiladas pela sociedade, como atraso de salários, conflitos com outros Poderes e tentativas de aumentar impostos.
A governadora tucana afirmou que neste ano pretende dar maior divulgação às ações de governo, como forma de mostrar que está atingindo seu objetivo de "reorganizar as finanças públicas" antes de passar a investir.


12/01/2008

Fonte: Agência Folha

 

Avisos Licitações

02/03/2024

Licitação para recolha de animais de grande porte fracassa

A licitação aberta pela Prefeitura de Bauru com a ...

02/03/2024

Presidência irá reformar Planalto, Alvorada, Granda do Torto e outros imóveis

A Presidência da República irá reformar os prédios...

01/03/2024

Prefeitura obtém orientação da CBB e abrirá nova licitação para trocar piso do Moringão

Após conseguir obter uma normativa técnica expedid...

29/02/2024

Em coletiva, prefeito anuncia nova licitação para av. Pedromiro José Fernandes

O prefeito Celso Pozzobom assinou na tarde desta q...
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita