Rondônia: deputados são filmados pedindo propina


Deputados estaduais de oposição de Rondônia foram filmados pedindo R$ 50 mil de propina ao governador de Rondônia, Ivo Cassol (PSDB). O dinheiro serviria para os deputados não votarem um pedido de impeachment contra Cassol. As gravações foram exibidas pelo "Fantástico", da Rede Globo. O próprio governador filmou a conversa com os deputados, em sua casa, e divulgou as fitas.
Cassol foi denunciado na semana passada pelo Ministério Público ao Superior Tribunal de Justiça por supostas irregularidades quando era prefeito de Rolim de Moura (RO) entre 1998 e 2002. Com uma câmera escondida, ele gravou os deputados estaduais Ronilton Capixaba (PL), Daniel Neri (PMDB) e Ellen Ruth (PP) - relatora da comissão temporária especial criada para apurar denúncia de crime de responsabilidade orçamentária contra o governador - dando sugestões a Cassol de como conseguir o valor da propina.
- Eles queriam R$ 50 mil mensais para cada um. E falavam em nome de um grupo de dez deputados. Ellen dizia que, se eu quisesse a governabilidade no estado, eu tinha de aceitar a proposta deles, sob pena de não ter condições de governar - afirmou Cassol.
Num dos trechos da gravação, Ellen e Capixaba sugerem ao governador o superfaturamento dos custos de um serviço terceirizado, os postos de vigilância, para conseguir o valor da propina.
"Falamos em 250 postos. Isso daria para bancar dez deputados e sobrariam R$ 500 mil para dar a estes deputados", estima Capixaba numa das gravações.
Na seqüência, Cassol supõe não conseguir viabilizar os R$ 50 mil para cada deputado. Ellen insinua, então, que o governador também está recebendo dinheiro.
"Ninguém está comprando ninguém. Porque dentro do orçamento do estado você está levando o seu como executor. Isso é de praxe. Você não vai consertar o mundo, nós não vamos. Não adianta dizermos para eles (deputados da oposição) que isso não acontece na tua administração, porque eles não vão acreditar", diz a deputada na gravação.
O deputado estadual Emílio Paulista (PPS) também aparece nas gravações pedindo propina. Já o deputado estadual Amarildo de Almeida (PDT), que também faria parte do grupo dos dez, pede favores ao governador, como a aprovação de uma empresa sem licitação.


16/05/2005

Fonte: O Globo

 

Curso Licitações

17/06/2024

Prefeitura de SP vai gastar R$ 34 milhões para fiscalizar a retomada das obras do sistema viário e..

A prefeitura de São Paulo decidiu retomar as obras...

17/06/2024

Metrô abre nova licitação de naming rights da estação Vergueiro

O Metrô de São Paulo publicou nesta segunda-feira,...

16/06/2024

Projeto e Licitação do Asfalto da Baronesa da Limeira até SC 283 são anunciados

O acesso da Linha Baronesa da Limeira até a SC 283...

16/06/2024

Governador anunciou a segunda turma de Direito da Uems com mais 50 vagas e lançou licitação de..

O governador de Mato Grosso do Sul, Eduardo Riedel...
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita