Renave sai da concorrência


Rio - O estaleiro Renave de Niterói (RJ), que se tornou parceiro do português Lisnave, para participar da histórica licitação de 42 navios petroleiros, foi desclassificado pela Transpetro. A subsidiária da Petrobras constatou irregularidades na documentação fiscal do consórcio. O grupo foi o único excluído da concorrência sem mais chances de recorrer à Comissão de Licitação. Já os consórcios liderados pela Nuclep e pela Renace, que também haviam sido desclassificados num primeiro momento, conseguiram regularizar a documentação, revertendo a decisão dos organizadores do leilão. Com essas decisões, foi encerrada a primeira etapa do processo licitatório de apresentação dos candidatos. Neste momento, estão sendo abertos os envelopes "que mais parecem calhamaços" com as informações econômicas e financeiras dos participantes. A Transpetro estima que em maio já terá em mãos a lista final dos qualificados para a licitação.
Desqualificado, o estaleiro Renave anunciou que vai recorrer à justiça.


29/04/2005

Fonte: Gazeta Mercantil

 

Curso Licitações

07/10/2022

Cursos Presenciais - Nova Lei de Licitação e Contratação Pública

O Curso Presencial da Nova Lei de Licitação e Cont...

02/02/2023

Prefeitura de SP abre licitação para manutenção das ciclovias da capital

A Prefeitura de São Paulo, através da SMT (Secreta...

01/02/2023

Prefeitura divulga edital de licitação para construção de um novo ESF Caçador

Os moradores do bairro Caçador ganharão uma nova s...

01/02/2023

Prefeitura de Taubaté revoga licitação para compra de material escolar

A prefeitura de Taubaté revogou a licitação para c...
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita