Reforma do Teatro Nacional terá licitação de R$ 55 milhões


A reforma da sala Martins Pena do Teatro Nacional terá uma licitação de R$ 51,9 milhões. O aviso de licitação de concorrência deve ser publicado no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF) ainda nesta sexta-feira (14/1). A Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap) será responsável pelo certame. Com obras adicionais a serem realizadas na parte de fora do teatro, o investimento deve chegar a R$ 55 milhões.

De acordo com o texto do Executivo local, o certame deve ocorrer em março deste ano. Nas redes sociais, o governador Ibaneis Rocha (MDB) comemorou o avanço nas obras. "Após 8 anos fechado, o Teatro Nacional, um dos maiores símbolos nacionais da cultura, estará pronto em breve para receber espetáculos, no momento em que não só Brasília, mas todo o Brasil mais precisa."

O Teatro Nacional foi fechado em janeiro de 2014, após recomendações do Corpo de Bombeiros (CBMDF) e do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT), por estar em desacordo com as normas de segurança e acessibilidade.

Prestígio
Grandes nomes da música, da dança e do teatro já se apresentaram no Teatro Nacional Claudio Santoro. Dentre esses, se destacam Mercedes Sosa, Astor Piazzola, Yma Sumac, os balés russos Bolshoi e Kirov, o balé da Ópera de Paris, e, entre os brasileiros, Paulo Autran, Fernanda Montenegro, Dulcina de Moraes, Glauce Rocha, Ziembinski, Márcia Haydée, Márika Gidali e o balé Stagium, Grupo Corpo, João Gilberto, Caetano Veloso, Maria Bethânia e praticamente todos os principais nomes da música popular brasileira.

O Teatro Nacional foi projetado em 1958 por Oscar Niemeyer, com colaboração do pintor e cenógrafo Aldo Calvo, para ser o principal equipamento cultural da nova capital do Brasil. Chamado inicialmente de Teatro Nacional de Brasília, a partir de 1989 passou a se chamar oficialmente Teatro Nacional Claudio Santoro, em homenagem ao maestro e compositor que fundou a orquestra do teatro em 1979 e dirigiu-a até sua morte em 1989.

Localizado no Setor Cultural Norte, próximo à Rodoviária, é um marco do Eixo Monumental e o principal equipamento cultural de Brasília. O prédio tem a forma geométrica de uma pirâmide sem ápice. Sua área externa é revestida por um painel formado de blocos de concreto nas fachadas laterais, criado por Athos Bulcão em 1966. O painel é o maior exemplar de uma obra de arte integrada a uma edificação no Brasil, medindo 125 metros na base maior por 27 metros de altura. Segundo Athos, essa era a sua obra favorita.


14/01/2022

Fonte: Correio Braziliense

 

Curso Licitações

22/01/2022

Compesa publica edital de licitação para obras de ampliação do Sistema de Abastecimento de...

Conforme anúncio do governador Paulo Câmara, em de...

17/01/2022

Cursos Presenciais - Nova Lei de Licitação e Contratação Pública

O Curso Presencial da Nova Lei de Licitação e Cont...

21/01/2022

Terracap abre licitação para parcelamento de setor habitacional no DF

A Agência de Desenvolvimento do Distrito Federal (...
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita