Pregão eletrônico


O Projeto de Lei nº 5.421/05, do deputado Eduardo Valverde (PT-RO), pretende transformar em lei o uso do pregão eletrônico para todas as licitações da administração pública. O projeto acrescenta à Lei das Licitações - a Lei nº 8.666/93 - o pregão eletrônico como mais uma das modalidades de licitação. Segundo Eduardo Valverde, o pregão eletrônico já é obrigatório nas aquisições de bens e serviços comuns realizados por Estados, municípios e Distrito Federal. O parlamentar defende o pregão eletrônico porque ele traz agilidade e transparência aos processos de aquisição e de contratação de serviços comuns na administração pública federal, além de redução de preços de em média 15%, segundo dados do Ministério do Planejamento. O governo federal publicou em maio deste ano o Decreto nº 5.450, que tornou obrigatório o pregão eletrônico nas compras governamentais de bens e serviços comuns a partir de 1° de julho deste ano.


27/07/2005

Fonte: Valor On Line

 

Curso Licitações

26/02/2024

Os Pilares da Transparência e Eficiência nas Licitações Públicas

No universo das licitações públicas, a integridade...

26/02/2024

Prefeitura de Umuarama publica aviso de licitação para o transporte público urbano

A Prefeitura de Umuarama publicou no último sábado...

26/02/2024

Contenção de alagamentos: encaminhada licitação da nova barragem

A Administração Municipal de Concórdia, por meio d...

26/02/2024

Prefeitura abre licitação para revitalizar rodoviária de Paranaíba

A rodoviária de Paranaíba, município a 410 quilôme...
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita