Prefeitura suspende edital de licitação para iluminação pública


O prefeito Sílvio Mendes determinou hoje a suspensão do edital que licitaria a empresa para cuidar da manutenção da iluminação pública de Teresina. A suspensão se deu por causa da ampliação do Programa Reluz – Programa Nacional de Iluminação Pública Eficiente, em Teresina.
O Reluz proporciona o aumento do nível de iluminação das principais avenidas, ruas e praças e a expansão da rede de iluminação pública, garantindo mais segurança à população, através da substituição de equipamentos usados atualmente por outros de tecnologias mais eficientes. Um exemplo, é a troca de uma lâmpada de mercúrio de 400W por uma de vapor de sódio de 250W, com maior poder de iluminação do local e mais econômica. “Primeiro vamos iluminar, eficientizar a iluminação da cidade, garantindo menor custo pela manutenção, através do Projeto Reluz, e então licitaremos a empresa que ficará responsável pelo serviço”, diz Sílvio Mendes.
A implantação do Reluz proporcionará em toda a cidade melhoria das condições para o turismo, o comércio e o lazer noturnos, geração de novos empregos, aumento da qualidade de vida da população urbana, redução da demanda do sistema elétrico nacional, especialmente no horário de maior consumo, e contribuirá para o aumento da confiabilidade e da melhoria das condições de atendimento ao mercado consumidor de eletricidade. Os teresinenses que visitam o Pólo de Saúde no período noturno já podem conferir os resultados do programa. A iluminação no local foi otimizada em pelo menos 50%.
Diversas outras cidades, em todo o país, já foram beneficiadas com o ReLuz. Em 2003, o programa foi concluído em 367 cidades, gerando uma economia de energia de 144.710 MWh. Nesse mesmo ano, o volume de financiamento foi 20% superior à média dos anos anteriores, ou seja, mais cidades foram beneficiadas. O programa já está em andamento em 1.074 cidades. Até o ano de 2010, a Eletrobrás financiará R$ 2 bilhões para tornar mais eficientes 9,5 milhões de pontos de iluminação pública e instalar mais 3 milhões de pontos em todo o país. O objetivo é atender 80% dos municípios brasileiros.


16/11/2006

Fonte: Portal AZ

 

Curso Licitações
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita