Prefeitura relançará licitação para a compra de 32 câmeras


No início de dezembro, os piracicabanos que saírem de casa para as compras de Natal perceberão algo diferente no centro e em outros corredores comerciais da cidade. Trinta e duas câmeras de vídeo, entre fixas e giratórias, com alcance que varia de 200 metros a 800 metros, passarão a funcionar em pontos de grande circulação de pessoas, prontas para captar qualquer movimento estranho. A primeira etapa da instalação ocorrerá até o final do ano e a segunda metade está marcada para o primeiro semestre de 2007. A expectativa é de que o sistema Big Brother de vigilância, orçado em R$ 750 mil, reduza em pelo menos 50% os registros de roubos, furtos e outras ocorrências suspeitas em áreas onde há comércio e empresas prestadoras de serviços atuando.
As máquinas são tão modernas que a ampliação da imagem capturada pode ser até 220 vezes maior, facilitando a identificação de potenciais suspeitos. Sem tantos problemas com vândalos, assaltantes e ladrões de pequenos objetos, os comerciantes fazem as contas e estimam um aumento de até 30% no volume de vendas.
Em Praia Grande (SP), cidade que serviu de modelo para o sistema que será instalado em Piracicaba, a criminalidade caiu pela metade depois que as câmeras foram colocadas no trecho da orla e nas avenidas comerciais. O total de homicídios, que chegou a 164 no ano 2000, naquele município, em 2005 retrocedeu para apenas cinco casos. Os índices que reforçam a segurança e prevêem crescimento do viés de compras são considerados tão positivos para a cidade que tanto a Prefeitura quanto a Associação Comercial e Industrial de Piracicaba (Acipi) têm pressa na conclusão dos trabalhos.
"Estudos revelam que quando as câmeras existem, o nível de roubos e furtos cai drasticamente. A intenção é minimizar, ainda, o problema do tráfico de drogas nesses ambientes", salienta.
Haverá centrais de operação interligando as Polícias Civil, Militar e da Guarda Civil. O cerco ao crime será tão intenso que as corporações acompanharão 24 horas por dia os espaços rastreados pela vigilância eletrônica.
Inicialmente, o projeto original previa a instalação das câmeras para este mês. O atraso na operacionalização dos equipamentos se deu, segundo o presidente da Acipi, José Antônio de Godoy, depois que o Executivo decidiu relançar a licitação que havia sido aberta há alguns meses. Uma das empresas participantes do certame teria questionado detalhes da concorrência, fazendo com que o poder público optasse pela reformulação do processo.
A reabertura da concorrência acontece até o final deste mês, com término previsto para os próximos 30 dias. Ao contratar a empresa responsável pelas câmeras, a Prefeitura não deverá se preocupar com a instalação das máquinas e tampouco com outros detalhes técnicos.
"Será um pacote chave-na-mão", diz Godoy, numa referência ao projeto que será montado inteiramente pela vencedora da licitação. Além da rua Governador Pedro de Toledo e do entorno, as câmeras são instaladas em ruas e avenidas do distrito de Santa Teresinha, na avenida Rui Barbosa, localizada no bairro Vila Rezende, ao longo da avenida Dois Córregos e também em praças situadas nas imediações de estabelecimentos comerciais.
É o caso das praças Takaki e de Santa Teresinha. O critério para o posicionamento das câmeras tem relação direta com o número de pessoas que passam pelo espaço. Apenas na rua Governador e na praça, transitam cerca de 40 mil piracicabanos, todos os dias.

Parceria
Embora seja liderado pela Prefeitura, o Big Brother local é acompanhado de perto pela Acipi e pelo Fundo de Segurança (Funseg), grupo criado em 2005 e composto por seis instituições da cidade - (Acipi, Simespi (sindicato que representa o setor metal-mecânico); Sindicato do Comércio Varejista (Sincomércio); Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL); Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp)e Cooperativa dos Plantadores de Cana (Coplacana).


09/09/2006

Fonte: Gazeta de Piracicaba

 

Curso Licitações

29/11/2023

Licitação para a construção do primeiro piscinão deverá ser lançada em 30 dias

A Prefeitura de Campinas trabalha com a previsão d...

29/11/2023

Central de compras realiza licitação para confecção de fardamento

O IFCE, por intermédio da Central de Compras Carir...

28/11/2023

Pontes BR-319: DNIT reabre licitação de R$ 11,5 milhões para terceirizar supervisão

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Trans...

28/11/2023

Cajamar abre Licitação para resolver alagamento na Av. Tenente Marques

A Prefeitura de Cajamar anunciou nesta terça-feira...
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita