Prefeitura de Londrina construirá duas novas escolas


A Prefeitura de Londrina, por meio da Secretaria de Educação, vai construir este ano mais duas escolas no município, que vão atender crianças da pré-escola à 4ª série. Uma delas, a Armando Rosário, será no distrito de Paiquerê e terá valor máximo de R$ 1.468.586,92. A outra, John Kennedy, será construída no distrito de Guaravera e terá valor máximo de R$ 1.445.586,92. As duas obras, que têm recursos do Fundo da Educação Básica (Fundeb), estão em fase de licitação e devem ficar prontas para o início do próximo ano letivo, em 2009.
O ensino municipal nesses distritos é realizado em prédios que pertencem ao governo estadual. Por isso, no mesmo espaço há aulas de pré à 8ª série, regidas pelo município nos períodos matutino e vespertino; e de segundo grau, sob responsabilidade do estado, no período noturno. Segundo a secretária de Educação, Carmen Baccaro Sposti, a construção das escolas vai permitir um melhor atendimento no distrito, tanto na educação infantil quanto nos ensinos fundamental e médio.
“O estado terá condições de dar um melhor atendimento aos jovens, porque a escola vai poder funcionar também no período da manhã. Além disso, o ensino municipal também vai ser beneficiado porque, com prédios novos, vai haver mais vagas e mais qualidade no ensino”, explicou a secretária. De acordo com ela, com a construção das novas escolas, o ensino de 5ª à 8ª séries que atualmente é regido pelo município, passará a ser de responsabilidade do estado. Assim, Londrina vai se responsabilizar apenas pela educação infantil e ensino fundamental até a 4ª série, como já ocorre na maioria das escolas municipais.
Os envelopes das empresas que vão concorrer no processo de licitação das duas obras foram abertos ontem (dia 4). Agora serão realizadas todos as etapas licitatórias e, se tudo correr no prazo estipulado, dentro de cerca de um mês será conhecida a empresa vencedora de cada licitação. Assim, será emitida uma ordem de serviço pela Secretaria de Obras e, a partir daí, a empresa terá um prazo máximo de 240 dias para a execução da obra, de acordo com o contrato.
A Prefeitura de Londrina, por meio da Secretaria de Educação, vai construir este ano mais duas escolas no município, que vão atender crianças da pré-escola à 4ª série. Uma delas, a Armando Rosário, será no distrito de Paiquerê e terá valor máximo de R$ 1.468.586,92. A outra, John Kennedy, será construída no distrito de Guaravera e terá valor máximo de R$ 1.445.586,92. As duas obras, que têm recursos do Fundo da Educação Básica (Fundeb), estão em fase de licitação e devem ficar prontas para o início do próximo ano letivo, em 2009.
O ensino municipal nesses distritos é realizado em prédios que pertencem ao governo estadual. Por isso, no mesmo espaço há aulas de pré à 8ª série, regidas pelo município nos períodos matutino e vespertino; e de segundo grau, sob responsabilidade do estado, no período noturno. Segundo a secretária de Educação, Carmen Baccaro Sposti, a construção das escolas vai permitir um melhor atendimento no distrito, tanto na educação infantil quanto nos ensinos fundamental e médio.
“O estado terá condições de dar um melhor atendimento aos jovens, porque a escola vai poder funcionar também no período da manhã. Além disso, o ensino municipal também vai ser beneficiado porque, com prédios novos, vai haver mais vagas e mais qualidade no ensino”, explicou a secretária. De acordo com ela, com a construção das novas escolas, o ensino de 5ª à 8ª séries que atualmente é regido pelo município, passará a ser de responsabilidade do estado. Assim, Londrina vai se responsabilizar apenas pela educação infantil e ensino fundamental até a 4ª série, como já ocorre na maioria das escolas municipais.
Os envelopes das empresas que vão concorrer no processo de licitação das duas obras foram abertos ontem (dia 4). Agora serão realizadas todos as etapas licitatórias e, se tudo correr no prazo estipulado, dentro de cerca de um mês será conhecida a empresa vencedora de cada licitação. Assim, será emitida uma ordem de serviço pela Secretaria de Obras e, a partir daí, a empresa terá um prazo máximo de 240 dias para a execução da obra, de acordo com o contrato.


05/03/2008

Fonte: Tribuna do Norte

 

Curso Licitações

01/01/2024

Cursos On Line AO VIVO - Nova Lei de Licitação e Contratação Pública

O Curso On Line Ao Vivo da Nova Lei de Licitação e...

29/01/2024

Curso On Line - Ao Vivo de Formação de Analista de Licitação e Contratação Pública

O Curso de formação Analista de Licitação ONLINE A...

15/03/2024

Cursos Presenciais - Nova Lei de Licitação e Contratação Pública - Florianópolis/SC

O Curso Presencial da Nova Lei de Licitação e Cont...

12/04/2024

Aberta licitação para construção da sede da Administração de Sol Nascente/Pôr do Sol

A Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil...
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita