Prefeitura de Araçatuba abre licitação para recuperar o Centro Cultural Ferroviário


A Prefeitura de Araçatuba abriu licitação, nesta quarta-feira (24), para a contratação de uma empresa para a restauração do Centro Cultural Ferroviário, localizado na avenida dos Araçás. O local, que foi construído na década de 1920 para abrigar uma oficina de locomotivas da antiga NOB (Estrada de Ferro Noroeste do Brasil), está interditado desde 2009 devido a problemas estruturais, sob risco de desabamento.

O custo estimado da obra é de R$ 2.028.436,07, oriundos do próprio tesouro municipal. O prazo de execução é de seis meses, contados a partir da data de autorização para início das obras e serviços indicada na Ordem de Serviços, emitida após a assinatura do contrato.

As propostas das empresas interessadas serão recebidas até as 9h do dia 13 de junho de 2023, na sala de licitações, localizada no Paço Municipal (Rua Coelho Neto, 73). O edital completo será disponibilizado no site www.aracatuba.sp.gov.br

A antiga oficina de locomotivas, rebatizada de Centro Cultural Ferroviário, é tombada pelo Condephaat (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico) como patrimônio histórico do município. O órgão aprovou o projeto de recuperação do espaço elaborado pela Secretaria Municipal de Planejamento.

Atualmente, o estado do prédio é bem precário, com a cobertura e pilares muito danificados. “É preciso intervir logo. O risco de desabamento se potencializa mediante chuvas intensas. Se o tempo estiver firme, o risco diminui bastante”, afirma o secretário de Planejamento Urbano e Habitação, Tadeu Consoni.

Segundo ele, com o montante de R$ 2.028.436,07, será possível realizar a primeira etapa do projeto desenvolvido pelo Instituto Pedra, que foi dividido em três fases, cujo valor estimado é de R$ 11 milhões.

A primeira fase, que será executada este ano, se concentra na recuperação completa da cobertura, parte hidráulica e elétrica, construção de sanitários acessíveis e paisagismo do entorno.

Com a finalização do processo de licitação, a previsão é de que entre o final deste mês e o início de junho o contrato com a empresa vendedora seja assinado. “A partir daí, se tudo correr normalmente, estimam-se seis meses para conclusão das obras”, disse o secretário.

Com esta obra, segundo Consoni, o vão interno do Centro Cultural ficará totalmente livre e o espaço poderá ser utilizado para diversas finalidades, principalmente as de caráter cultural.

Erguido na década de 1920, o espaço abrigava uma oficina da antiga NOB – Estrada de Ferro Noroeste do Brasil. Posteriormente, foi utilizado para a realização de eventos e feiras, mas sofreu interdição há 14 anos, na gestão do então prefeito Cido Sério (PSD), por problemas em sua estrutura e risco de desabar.


24/05/2023

Fonte: RP10

 

Curso Licitações

29/05/2024

Projeto da nova ponte sobre a ERS-431 avança com abertura de licitação

O tão aguardado projeto da nova ponte sobre a ERS-...

28/05/2024

Governo de MT lança licitação para restaurar 39,9 km de rodovia até região do Pantanal

A Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logísti...

29/05/2024

Prefeitura de Maringa republica licitação para contratar empresa para remoções de arvores

A Prefeitura de Maringá republicou, na tarde dessa...
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita