Prefeitura adia reforma da avenida dos Bandeirantes


A reforma da avenida dos Bandeirantes, na zona sul da cidade de São Paulo, só começará em setembro de 2006, um ano depois do prazo anunciado pela administração José Serra (PSDB).
O projeto da nova Bandeirantes prevê o alargamento da pista (de quatro para cinco faixas nos oito quilômetros de extensão da avenida), a criação de faixas exclusivas para caminhões na pista da esquerda e o fechamento de pelo menos dois cruzamentos.
"Estamos fazendo o estudo de viabilidade ambiental, que deve ficar pronto até o final de fevereiro. Em abril, haverá o licenciamento ambiental. A licitação para a reforma deve sair até agosto, e as obras começam em setembro", afirma Raul do Valle, diretor de projetos e intervenções urbanas da Emurb (Empresa Municipal de Urbanização).
Em agosto do ano passado, o secretário municipal dos Transportes, Frederico Bussinger, havia dito que as obras teriam início no mês seguinte --a um custo de R$ 30 milhões (só a primeira fase).
De acordo com Valle, houve mudanças importantes no projeto. Alguns cruzamentos que seriam resolvidos com viadutos receberão, agora, passagens subterrâneas. "Isso encarece a obra, mas por outro lado melhora a parte urbanística e a qualidade de vida de quem vive nas redondezas", explica, se referindo a Moema, bairro de classe média e alta às margens da avenida.
Técnicos da Emurb calculam que toda a obra custará cerca de R$ 130 milhões --R$ 30 milhões a mais que a previsão inicial da prefeitura paulistana. Após passar um início de gestão com o Orçamento apertado, Serra terá neste ano uma verba de até R$ 3 bilhões para investir na cidade.
A nova previsão de início da obra na avenida coincide com o mês anterior ao da eleição presidencial. Serra é um dos tucanos cotados para disputar a sucessão de Luiz Inácio Lula da Silva (PT).
Apesar do atraso de um ano, a prefeitura continua prevendo terminar a obra até o final de 2007.
Segundo Valle, a prefeitura decidiu qual será o primeiro trecho a entrar em obras: entre a marginal Pinheiros e a alameda dos Maracatins, na zona oeste. O trecho restante, a segunda fase, vai até a ligação que dá acesso à rodovia dos Imigrantes, na zona sul.




20/01/2006

Fonte: Folha de S.Paulo

 

Avisos Licitações

15/07/2024

Prefeitura vai contratar projetos de mais 70 ruas para pavimentação urbana e rural

Concórdia – O prefeito de Concórdia, Rogério Pache...

14/07/2024

Prefeitura de Naviraí busca empresas para assumirem contratos milionários de plantões médicos

A Prefeitura de Naviraí – a 361 km de Campo Grande...

14/07/2024

Projeto Cidade da Polícia: município se reúne com Estado e licitação para obra está próxima

A Prefeitura de Passo Fundo detalhou, no último di...
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita