Prefeito vê lobby de empresa para barrar licitação do leite no TCM


O prefeito José Serra (PSDB) afirmou ontem que a ação de um lobista provocou a decisão do TCM (Tribunal de Contas do Município) de suspender, por 15 dias, a licitação para a contratação de novos fornecedores de leite em pó para os alunos da rede municipal.
Serra disse que pretende manter o modelo indicado na concorrência, com a divisão do fornecimento em quatro regiões. Em todas as licitações realizadas desde o início do programa Leve Leite, em 1995, a Tangará Importadora e Exportadora (com sede no Espírito Santo) foi a vencedora para distribuir o leite em pó para toda a cidade.
"Estamos querendo quebrar o monopólio, e agora um lobista da empresa conseguiu enganar um conselheiro do TCM, que não sabe, mas está fazendo o jogo do monopólio na cidade. Isso é jogo pesado."
O conselheiro Roberto Braguim, do TCM, suspendeu a licitação na terça-feira ao atender uma representação feita por Roberto Biondi. O autor do pedido alegou que a divisão em lotes não obedecia ao critério de economicidade -pois o edital prevê preços diferentes para cada região.
Apesar de não se identificar como representante de nenhuma empresa interessada na concorrência, o nome de Biondi aparece como contato comercial da Tangará no site da Câmara de Comércio e Indústria Brasil China.
A Folha não conseguiu localizar Biondi ontem. Já Luiz Alberto Costa, um dos diretores de vendas da Tangará, negou conhecê-lo. "A nossa empresa é séria. Não temos nenhuma noção dessas acusações feitas pelo prefeito."
Costa, que disse estar em uma reunião da empresa em Belo Horizonte (MG), prometeu ligar de volta após conversar com os demais diretores da empresa, mas não fez mais contatos.
A Secretaria de Gestão apresentou ontem as justificativas contra a suspensão, aguardando agora a manifestação do conselheiro, que não tem data para ocorrer.
O Leve Leite distribui dois quilos de leite em pó para cada criança matriculada nas escolas nove vezes por ano. A prefeitura disse que a entrega deste ano está garantida. A nova licitação prevê gastos de R$ 130 milhões por ano.


25/11/2005

Fonte: Folha de São Paulo

 

Curso Licitações

31/01/2023

SEMDUH apresenta edital de licitação para contratar empresa de limpeza pública

Foi realizada, na manhã desta terça-feira (31), a ...

31/01/2023

Governo lança licitação para revitalização da orla de São Félix do Araguaia

A Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logísti...

31/01/2023

Licitação para melhorias em praça de Santa Maria é lançada; investimento será de quase R$ 103 mil

A Prefeitura de Santa Maria lançou, nesta terça-fe...
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita