Polícia desbarata quadrilha que fraudava licitações


RIO - Pelo menos vinte pessoas foram presas na manhã desta quinta-feira, durante a operação Uniforme fantasma, desencadeada pela Delegacia de Repressão às Ações do Crime Organizado (Draco) e pela Coordenadoria de Recursos Especiais (Core), em sete municípios do Rio. O objetivo da operação, que conta com 170 policiais, é desbaratar uma quadrilha acusada de fraudar licitações públicas. Entre os presos, está a ex-secretária de Ação Social de Magé, Renata Tuler. Renata foi encontrada pelos policiais dentro de sua casa, no distrito de Fragoso. Com ela, foram apreendidos computadores e documentos.
Os policiais cumprem mandados de busca e apreensão dentro da prefeitura de Magé. Eles recolhem documentos e computadores, que serão levados para a sede da Draco, no Centro do Rio. Os policiais receberam aplausos de pessoas que estão em frente à prefeitura. Moradores elogiam a polícia e gritam "fora prefeita, turma de ladrão". Eles também pedem justiça.
Estão detidos ainda empresários, funcionários públicos e advogados. Foram expedidos 28 mandados de prisão e 52 de busca e apreensão. Além de Magé, a polícia faz buscas em Itaboraí, Japeri, Rio Bonito, Santo Antonio de Pádua, Guapimirim e Angra dos Reis.


24/01/2008

Fonte: O Globo

 

Avisos Licitações

15/07/2024

Prefeitura vai contratar projetos de mais 70 ruas para pavimentação urbana e rural

Concórdia – O prefeito de Concórdia, Rogério Pache...

14/07/2024

Prefeitura de Naviraí busca empresas para assumirem contratos milionários de plantões médicos

A Prefeitura de Naviraí – a 361 km de Campo Grande...

14/07/2024

Projeto Cidade da Polícia: município se reúne com Estado e licitação para obra está próxima

A Prefeitura de Passo Fundo detalhou, no último di...
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita