Polêmica trava doação de uniformes para alunos de escolas de SP


A polêmica doação de uniformes com patrocínio para as escolas municipais está parada. Enquanto o secretário municipal de Educação, José Aristodemo Pinotti, aguarda a proposta formal da Associação Brasileira do Vestuário (Abravest), o presidente da Abravest, Roberto Chadad, espera informações da secretaria sobre o número de estudantes interessados. Sem esse número, explica, não é possível criar um projeto oficial. Mas, sem o projeto, garante a secretaria, não dá para encaminhar o assunto.
Há dez dias, Pinotti conferiu dois modelos de uniformes patrocinados. Na semana passada, deveria ter recebido a proposta oficial. Apenas após a análise sobre a legalidade das doações, com base em informações como nome dos patrocinadores e tamanho das propagandas, é que haveria uma consulta às escolas da rede.
"Não podemos fazer nada por enquanto", afirma a chefe de gabinete da secretaria, Lúcia Tojal. "Temos de saber, por exemplo, a quantidade de roupas que serão doadas." Lúcia explica que, ainda que a doação se concretize, será preciso fazer uma licitação. "Somos obrigados a ver se há outras empresas interessadas em patrocinar os uniformes."
Chadad, no entanto, diz que não pode fazer nenhuma proposta enquanto não souber o número de alunos interessados. "É impossível ir atrás de patrocinadores sem saber quantas unidades vamos dar às escolas", diz."Mas, agora, ganhamos mais tempo, porque a doação será apenas para o segundo semestre", afirma.
Os uniformes que serão entregues no início do próximo ano estão sendo licitados. Até sexta-feira, informa a secretaria de Educação, o edital ficará pronto, já com a obrigatoriedade do tênis incluída. Na semana passada, a Câmara aprovou o projeto de lei do vereador Antônio Goulart (PMDB) que obriga a prefeitura a incluir o calçado no kit de uniforme escolar.
Caso a doação do conjunto completo se concretize, a secretaria poderá economizar R$ 70 milhões por ano. Com esse dinheiro, garante Pinotti, seria possível construir 1.700 salas de aula e acabar com os três turnos que ainda vigoram em algumas escolas.


19/09/2005

Fonte: Folha de S.Paulo

 

Avisos Licitações

07/02/2023

Loteria Mineira publica edital de licitação para concessão da exploração de jogos

Foi publicado no Diário Oficial do Estado desta te...

08/02/2023

Câmara de Balneário Camboriú fará licitação para contratar agência de publicidade

A Câmara de Balneário Camboriú publicou na terça-f...

08/02/2023

Prefeitura abre nova licitação para reforma de prédio da Floriano Peixoto

Prefeitura abre nova licitação para reforma de pré...

08/02/2023

Pregão do Centro de Bilhetagem do transporte coletivo ficou para sexta-feira, 10/02

O pregão para a escolha do Centro de Bilhetagem El...
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita