Planalto lança edital para compra de louças


BRASÍLIA - Enquanto o clima esquentava no Senado, com a votação de processo contra Renan Calheiros (PMDB-AL) , do outro lado da Praça dos Três Poderes a preocupação era com o glamour das recepções oferecidas pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O Palácio do Planalto faz na quarta-feira um pregão eletrônico para aquisição de louças para as residências oficiais da Presidência da República. Serão gastos R$ 93 mil para comprar taças e copos de cristal, além de xícaras e pratos de porcelana adornados com friso dourado e desenho em ouro das colunas do Palácio da Alvorada ou em verde de ramos de café. O material será distribuído entre o Alvorada e a Granja do Torto.
Ao todo são 18 itens: taças de cristal para água, vinho branco, vinho tinto, champanhe e licor; copos de cristal água, uísque, conhaque e coquetel, pratos rasos de mesa, pratos de sobremesa, pratos para pão, xícaras para cafezinho e chá. O edital é detalhado: exige que os copos tenham selo ouro, sejam lapidados a mão e de primeira qualidade. Também estabelece o tamanho dos pratos e a altura dos copos e taças.
Os itens mais caros são os pratos rasos para mesa: 300 unidades ornamentadas com as colunas do Alvorada custarão R$ 16.140 e outras 360 com ramos de café ficarão por R$ 13.212. O lote de 430 taças de cristal custará R$ 14.552,50, e os 530 copos de cristal sairão por R$ 13.652. Unitariamente, os copos para uísque "on the rocks", em cristal, lapidados a mão, com capacidade para 340 ml e 150 mm de altura são os mais caros - R$ 57,14. O Palácio quer 100 deles.
A justificativa do pregão é que "os quantitativos de reposição estão muito baixos e alguns itens já zerados". Segundo a assessoria da Casa Civil, a última licitação para compra desse tipo de material foi em 2000, ainda no governo Fernando Henrique Cardoso. O material será utilizado em recepções oferecidas pelo presidente a autoridades estrangeiras e em almoços ou jantares de trabalho.
Normalmente, Lula recepciona autoridades estrangeiras no Palácio do Itamaraty, mas costuma abrir exceções. Na primeira visita do presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, ao Brasil, em novembro de 2005, o almoço foi na Granja do Torto. Lula também recebeu o então presidente da França, Jacques Chirac, no ano passado, com um almoço do Palácio da Alvorada. No mês passado, o presidente ofereceu um almoço para empresários vinculados à Associação Brasileira de Infra-estrutura e Indústria de Base (Abdib). Na última reunião miniterial, dia 30 de agosto, a equipe almoçou com o presidente na Granja do Torto.


12/09/2007

Fonte: O Globo

 

Avisos Licitações

20/04/2024

Prefeitura de Gurupi publica licitação para construção da nova Rodoviária

Foi publicado na edição do Diário Oficial de Gurup...

20/04/2024

Governo vai construir mais 11 pontes de concreto em todo o Estado

A Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logísti...

20/04/2024

Prefeitura de Caxias abre nas próximas semanas licitação para implantar telemedicina

A Prefeitura de Caxias do Sul abre nas próximas se...

20/04/2024

Prefeitura insiste na revitalização do Bariri: nova licitação já foi publicada

Publicada a nova licitação para a construção do Pa...
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita