PF inicia operação para prender quadrilha que fraudava licitações


A Polícia Federal desencadeou hoje uma nova operação para desbaratar outra quadrilha especializada em desvio de recursos públicos por meio de fraudes em licitações públicas. À semelhança da "Operação Sanguessuga" o foco da quadrilha eram as prefeituras. A PF começou a cumprir hoje 12 mandados de prisão e 32 de busca nos Estados da Paraíba e do Rio de Janeiro, na chamada "Operação Carta Marcada".
A Receita Federal estima que o desvio de recursos chega a R$ 30 milhões nos últimos anos. As empresas envolvidos teriam sonegado outros R$ 10 milhões.
Segundo a PF da Paraíba, o grupo simulava concorrência nas licitações públicas por meio da criação de empresas de fachada, em nome de "laranjas". A polícia calcula que 54 prefeituras da Paraíba fizeram pagamentos a essas empresas. A quadrilha atuava desde 2001.
As investigações duraram 3 anos e contaram com a participação da Receita Federal, Receita Previdenciária e Ministério Público Federal. Os suspeitos são acusados dos crimes de formação de quadrilha, fraudes em procedimentos licitatórios, sonegação fiscal, crimes contra a ordem tributária lavagem de dinheiro, corrupção ativa/passiva, crimes contra o sistema financeiro nacional e falsidade ideológica.


12/05/2006

Fonte: Folha Online

 

Curso Licitações

28/05/2024

Prefeitura lança edital de licitação para obras de pavimentação de 32 ruas em Triunfo; obras..

A Prefeitura de Triunfo, lançou o edital de licita...

28/05/2024

Licitação para concessão de água e esgoto em Divinópolis será em julho

A Prefeitura de Divinópolis publicou o edital para...

28/05/2024

Lajeado Novo lança licitação milionária para material de escritório

A Prefeitura de Lajeado Novo anunciou um
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita