Pequenas empresas e até pessoas físicas podem vender para o Executivo


RIO - O Ministério do Planejamento vai organizar uma grande feira de contratação pública em julho, em Brasília, numa parceria com o Sebrae: o principal objetivo é aproximar micro e pequenas empresas, além das pessoas físicas, do sistema de compras do governo federal. É o que mostra reportagem publicada na edição deste domingo do jornal "O Globo".
A reportagem explica que um criador de abelhas que produz mel em seu sítio pode, tanto quanto uma micro ou pequena empresa, se tornar fornecedor do governo federal. Da mesma forma, alguém que tenha um imóvel para alugar pode participar de uma licitação pública, disputando preços com firmas constituídas.
Só no ano passado, a presença das micro e pequenas empresas na lista de compras federal deu um salto de 375%, depois da entrada em vigor da Lei Geral das Micro e Pequenas Empresas. Hoje, das 274 mil empresas cadastradas para vender a órgãos federais, 158 mil são desse porte. Atualmente, essas negociações são feitas por pregões eletrônicos realizados na internet, com ajuda do portal Comprasnet. Além de promover a feira, o ministério vai criar, no site, um espaço para capacitação virtual de empreendedores.


29/03/2008

Fonte: O Globo

 

Curso Licitações

23/04/2024

PG abre licitação de quase R$ 8 mi para formar 'muralha digital'

A Prefeitura Municipal de Ponta Grossa abriu uma l...

23/04/2024

Ceasa-ES anuncia abertura de licitação para solução de controle e acesso

Na última quarta-feira (17), a Centrais de Abastec...

23/04/2024

PMJP fará licitação para construir ponte Mangabeira-Valentina

Abrindo as comemorações do aniversário de 41 anos ...
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita