Pendentes licitações do lixo e de radares


Campo Grande - A próxima administração municipal também fica com a tarefa de acompanhar as licitações da usina de lixo e da fiscalização eletrônica através de radares e fotossensores, que se tornaram alvo de polêmica nos últimos dois anos. De um lado, ambientalistas, que alertam para o impacto da poluição ambiental que a usina de lixo traria para o município, e de outro, motoristas, que temem a volta da “indústria da multa”.
Alheio a esses precedentes, o prefeito André Puccinelli destaca que por se tratarem de “serviços” e não dependerem de recursos da municipalidade para poderem ser viabilizados, as licitações da usina e dos equipamentos eletrônicos devem transcorrer normalmente.


16/11/2004

Fonte: Correio do Estado

 

Curso Licitações
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita