Paraná vai ganhar mais 18 escolas


Por solicitação do Instituto de Desenvolvimento Educacional do Paraná
(Fundepar), a Secretaria de Obras Públicas licitou 18 novas escolas que serão construídas em várias regiões do Paraná. Os processos de 12 delas já foram concluídos e estão em fase de assinatura dos contratos, outros seis tramitam na Comissão de Licitação da Secretaria de Obras. O investimento total será de mais de R$ 23,8 milhões – recursos vindos, parte do Programa de Expansão de Melhoria e Inovação do Ensino Médio (Proem), da Secretaria de Estado da Educação e parte do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).
As empresas vencedoras que já apresentaram toda a documentação e estão com contratos assinados devem receber a “Ordem de Serviço” nos próximos dias. “Algumas faltam apenas apresentar o seguro garantia para a assinatura dos contratos, o que deve acontecer em breve”, avalia o coordenador de Contrato e Licitação da SEOP, Joaquim Luiz Meneguel Paina.
Estas obras proporcionarão mais 136 novas salas de aulas e todas as demais dependências escolares, abrindo 9.510 vagas diurnas, com disponibilidade de 4.760 vagas para cursos noturnos. Os projetos foram desenvolvidos pela Fundepar que tem cuidados especiais relativos a acessibilidade aos portadores de necessidades especiais, às propostas de paisagismo que tornam a escola mais bonita e uma série de outros detalhes como, por exemplo, revestimentos para maior praticidade na limpeza e conservação, dentre outros que são levados em consideração ao se projetar uma escola pública.
As novas escolas, que somam 15.500 metros quadrados de área construída, estão nos municípios de Foz do Iguaçu, Paranaguá, São José dos Pinhais, Campo Magro, Londrina, Maringá, São José dos Pinhais e Tunas do Paraná. Outros sete municípios terão grandes reformas, ampliações e readequações de escolas já existentes, que totalizam 8.324 metros quadrados de área construída - a maioria destas intervenções equivale a novas construções.
As obras, que devem ter as ordens de serviço assinadas nos próximos dias, são as de Foz do Iguaçu, Campo Magro, Três Barras do Paraná, Fazenda Rio Grande, São José dos Pinhais, Londrina e Maringá. Londrina terá uma nova unidade em Lerroville e duas grandes readequações nos Colégios Estaduais Colégios Jamile Dequesh e Lúcia Lisboa. São José dos Pinhais terá duas novas escolas e uma terceira, para atender os alunos do Colégio Estadual Tiradentes. As obras que ainda tramitam na comissão de licitação são as de Guaraqueçaba, Paranaguá, Tunas do Paraná, Irati e as de duas escolas de Maringá.
Para definir o local onde deve receber escolas, a Fundepar leva em conta e considera o crescimento populacional na região onde há pedido de uma nova unidade, se há implantação de turno intermediário nas escolas já existentes na região e a inexistência de escolas na área de abrangência.


23/10/2005

Fonte: Diário Popular

 

Curso Licitações

31/01/2023

SEMDUH apresenta edital de licitação para contratar empresa de limpeza pública

Foi realizada, na manhã desta terça-feira (31), a ...

31/01/2023

Governo lança licitação para revitalização da orla de São Félix do Araguaia

A Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logísti...

31/01/2023

Licitação para melhorias em praça de Santa Maria é lançada; investimento será de quase R$ 103 mil

A Prefeitura de Santa Maria lançou, nesta terça-fe...
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita