Para ANP, rodada de licitações tem interesses dispersos


O diretor-geral da ANP (Agência Nacional de Petróleo), Haroldo Lima, afirmou que na 7ª Rodada de Licitações há uma maior dispersão do interesse de investidores, que procuraram não só áreas em águas profundas, mas também novas fronteiras e blocos terrestres.
Mesmo bacias maduras, onde a exploração é antiga, tiveram atratividade, segundo ele.
Lima ressaltou, porém, que é preciso investir mais em pesquisas geológicas para a descoberta de possíveis novos campo e a conseqüente realização de novas rodadas licitatórias.
O diretor-geral reclamou que a falta de verbas impede a atividade. No ano passado, do total de R$ 1,9 bilhão arrecadado com participações especiais das áreas produtoras, 99% foram contingenciados pelo governo.
Segundo ele, nesta ano as liberações estão maiores, mas ainda insuficientes para promover os estudos sísmicos necessários para alavancar as próximas rodadas. Mas, com o resultado recorde da 7ª rodada, ele acredita que o governo irá se sensibilizar com o pleito da ANP de elevar o orçamento da agência.


18/10/2005

Fonte: Folha de S.Paulo

 

Avisos Licitações

29/05/2024

Projeto da nova ponte sobre a ERS-431 avança com abertura de licitação

O tão aguardado projeto da nova ponte sobre a ERS-...

28/05/2024

Governo de MT lança licitação para restaurar 39,9 km de rodovia até região do Pantanal

A Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logísti...

29/05/2024

Prefeitura de Maringa republica licitação para contratar empresa para remoções de arvores

A Prefeitura de Maringá republicou, na tarde dessa...
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita