Obras no Abaeté custarão R$ 2 milhões


A construção da bacia de contenção e de um dique para solucionar o problema de enchentes no Jardim Abaeté custará à Prefeitura cerca de R$ 2 milhões e a obra deve ser iniciada dentro de 60 a 90 dias. A informação foi confirmada quarta-feira 19/01 pelo prefeito Vitor Lippi (PSDB), em visita ao Cruzeiro do Sul. Porém, não há prazo para a conclusão do empreendimento, que será construído com verba municipal.
Segundo o prefeito, o valor da obra equivale ao de uma Unidade Pré-Hospitalar, semelhante àquela que funciona na Zona Norte. Destacou que a administração pública municipal já tem em caixa verba reservada para essa finalidade. "Tão logo esteja concluído o processo licitatório, para definição da empresa que realizará o serviço, a construção terá início", garantiu. O tempo de espera para que a obra seja iniciada estaria relacionada à demora nos trâmites burocráticos da licitação.
Os representantes das empresas interessadas em executar o serviço deverão na sexta-feira comparecer à Estação de Tratamento de Água no Cerrado, às 8h, para a entrega das documentações e das propostas de licitação. Inicialmente, 20 empresas se mostraram dispostas a participar da concorrência, sendo que 17 estiveram representadas no último dia 17 na visita técnica ao local onde o dique e a bacia de contenção serão construídos. A participação era exigência do edital das obras.
Em reunião ontem pela manhã, na sede do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae), a questão do risco de enchentes no Jardim Abaeté foi tratada também pelo diretor geral da autarquia, Pedro Dal Pian Flores. Na ocasião, ele, engenheiros do Saae e representantes do Legislativo e da Prefeitura de Sorocaba estiveram reunidos com integrantes da Sociedade de Moradores do Jardim Abaeté.
Dal Pian revelou que as empresas interessadas na disputa tinham até o último dia 18 para efetuar o depósito de uma verba caução, também conforme determina o edital. O procedimento foi realizado por 16 empresas, as quais ficaram habilitadas a continuar como participantes na licitação. "Na sexta-feira todos apresentarão suas propostas e documentos, os quais serão analisados e discutidos por todos os presentes". frisou.

Definição e demora
O diretor geral do Saae mencionou que o vencedor da licitação pode ser conhecido ainda na sexta-feira. Caso isso ocorra, é possível que o tempo mínimo para o início da obra caia para um mês. Mas Dal Pian acha a hipótese pouco provável. O motivo é que se não houver definição ainda no encontro de sexta-feira, o material entregue por cada empresa será depois analisado pela comissão de licitação, que dará a decisão final.
Dal Pian acredita que seja difícil especificar com precisão uma data para o início das obras no Jardim Abaeté, uma vez que finalizada a entrega das propostas, há possibilidade de que uma empresa derrotada entre com recurso para tentar reverter a situação. "Aí teremos o prazo para estudo dos recursos. Fora o tempo para a publicação dos editais de contratação da empresa vencedora e demais obrigações de ordem burocrática", complementou.


20/01/2005

Fonte: Cruzeiro Net

 

Avisos Licitações

07/02/2023

Loteria Mineira publica edital de licitação para concessão da exploração de jogos

Foi publicado no Diário Oficial do Estado desta te...

08/02/2023

Câmara de Balneário Camboriú fará licitação para contratar agência de publicidade

A Câmara de Balneário Camboriú publicou na terça-f...

08/02/2023

Prefeitura abre nova licitação para reforma de prédio da Floriano Peixoto

Prefeitura abre nova licitação para reforma de pré...

08/02/2023

Pregão do Centro de Bilhetagem do transporte coletivo ficou para sexta-feira, 10/02

O pregão para a escolha do Centro de Bilhetagem El...
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita