Obras do Conduto Álvaro Chaves-Goethe serão licitadas


DEP realiza a maior obra de drenagem na capital em 31 anos.
A Prefeitura de Porto Alegre publica no dia 27 de setembro o edital para licitação da empresa que executará o Conduto Álvaro Chaves-Goethe. O Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), órgão financiador, exige uma licitação internacional que tem um período de até seis meses para sua conclusão.

O projeto executivo da obra foi elaborado pela empresa Beck de Souza Engenharia Ltda., em três etapas:

avaliação das condições estruturais do conduto forçado existente, que será aproveitado no trecho entre a Avenida Farrapos e o deságue no Lago Guaíba;

projeto executivo restante do Conduto Álvaro Chaves-Goethe;

projeto executivo das redes e galerias de coleta do conduto.

Também fizeram parte do projeto propostas tecnológicas construtivas para a travessia da Rua 24 de Outubro; emprego de métodos não destrutivos, interferências e remanejamentos, desvios de tráfego e relatórios fitossanitários, entre outros.

A obra
A obra de drenagem, orçada em R$ 36 milhões, terá 66% de seu valor financiado pelo BID e 34% pela Prefeitura. Quando concluída, a obra evitará que a Avenida Goethe e entorno sofram com alagamentos. Como a região é altamente urbanizada e valorizada, não há locais disponíveis para a construção de bacias de detenção de águas da chuva. A solução será a construção de um conduto forçado - um tipo de canalização hermeticamente fechada, que trabalha sob pressão - que levará as águas até o Lago Guaíba.
A obra consistirá num conduto forçado de 2m X 1,5m e 2.000 metros de extensão, em galerias de concreto armado de 1.700 metros e 11.600 metros de redes. O conduto correrá paralelo ao Canal Tamandaré, diminuindo a vazão de suas águas, que serão levadas dos bairros Moinhos de Vento, Auxiliadora, Mont’Serrat, Rio Branco, Bela Vista e Higienópolis diretamente para o Guaíba. O projeto trará melhorias significativas também para a drenagem das regiões baixas, como os bairros São Geraldo, Floresta e Navegantes, porque o Canal Tamandaré ficará restrito à drenagem destas áreas, com capacidade compatível ao escoamento ali gerado.
"Esta é a maior obra de drenagem a ser realizada nos 31 anos de história do DEP. Uma reivindicação de cerca de quatro décadas vai ser atendida", comemora o diretor-geral do Departamento de Esgotos Pluviais (DEP), Saulo Felipe Basso. O diretor destaca que esta obra, a ser executada pelo DEP, beneficiará, aproximadamente, 100 mil moradores dos nove bairros atingidos.


23/09/2004

Fonte: Site da Prefeitura de Porto Alegre

 

Avisos Licitações

07/02/2023

Loteria Mineira publica edital de licitação para concessão da exploração de jogos

Foi publicado no Diário Oficial do Estado desta te...

06/02/2023

Prefeitura abre licitação por área de 1,7 mil metros quadrados no Parque dos Poderes

No dia 06 de março de 2023, às 9h, a Prefeitura Mu...

06/02/2023

Aberta licitação para construção de novos fóruns digitais

Foi publicada no Diário da Justiça, a abertura da ...

06/02/2023

Licitações para construção de duas unidades básicas de saúde são relançadas

A prefeitura lançou, mais uma vez, duas licitações...
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita