Obra de hidrelétrica no Rio Jucu (ES) começa em janeiro


Mais energia elétrica para o Espírito Santo. A empresa mineira Centrais Elétricas Mantiqueira já contatou empresas capixabas e de Estados vizinhos, para organizar o processo de licitação para a construção de uma usina hidrelétrica no Rio Jucu. O empreendimento será na região de Panelas, distante seis quilômetros da sede. A construção deverá ser iniciada em janeiro de 2005.
De acordo com o secretário Municipal de Finanças, Emílio Stein, o licenciamento nos órgão públicos estaduais e federais de meio ambiente já tramitam há seis anos. `Recebemos ontem a notícia dos empresários mineiros que a construção será iniciada`.
Stein disse que ainda nessa semana representantes de empresas que irão participar do processo licitatório visitarão o local da construção. Foi definido que o período para a conclusão da obra é dois anos. `Mais de 300 empregos serão ofertados pela empresa construtora que vencer a licitação`.
Receita. Conforme cálculos do secretário, somente a construção deverá gerar recursos da ordem de R$ 2,5 milhões de Imposto Sobre Serviços (ISS). Ele ressalta que a produção de energia elétrica proporcionará um aumento de 30% na participação de Domingos Martins no Imposto sobre Circulação de Mercadoria e Serviços(ICMS).
`Atualmente a nossa participação no orçamento estadual não passa de 1,03%, referente à R$ 700 mil mensais. Queremos chegar à 1,30% no bolo orçamentário, para ultrapassar a R$ 1 milhão`, calculou o secretário. Ele ressaltou ainda que o grande lago que será formado pela represa será o mais novo potencial turístico de Domingos Martins.
Turismo. `Trata-se de um vale, onde a preservação ambiental será 100% preservada. O fato já está comprovado através dos estudos de impacto ambiental, realizados nos últimos meses. A fauna e a flora são as maiores riquezas da localidade. Domingos Martins dará mais um impulso na atividade turística`.
De acordo com Stein, na próxima semana, os diretores da empresa visitarão Domingos Martins e mostrarão o projeto. Eles também vão enumerar os outros benefícios que trarão o mais novo empreendimento energético do Estado. Segundo Stein, o empreendimento deverá ser denominado de Usina Campinho. `Dá prosseguimento ao processo de preservação cultural. Afinal de contas, Campinho foi o primeiro nome da nossa cidade`, diz.


12/08/2004

Fonte: ABr

 

Curso Licitações

07/10/2022

Cursos Presenciais - Nova Lei de Licitação e Contratação Pública

O Curso Presencial da Nova Lei de Licitação e Cont...

02/02/2023

Prefeitura de SP abre licitação para manutenção das ciclovias da capital

A Prefeitura de São Paulo, através da SMT (Secreta...

01/02/2023

Prefeitura divulga edital de licitação para construção de um novo ESF Caçador

Os moradores do bairro Caçador ganharão uma nova s...

01/02/2023

Prefeitura de Taubaté revoga licitação para compra de material escolar

A prefeitura de Taubaté revogou a licitação para c...
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita