Ministério da Saúde muda regras de licitações


O Ministério da Saúde anunciou ontem um pacote de 11 medidas para ampliar o controle e a transparência nos processos de licitações para compra de remédios. A medida ocorre duas semanas após a Polícia Federal ter deflagrado a Operação Vampiro.
De acordo com o jornal Folha de São Paulo, uma das medidas é a criação da Corregedoria do Ministério da Saúde além de uma comissão permanente de auditoria interna.

O governo também optou por redefinir de todos os fluxos internos para a aquisição de medicamentos e insumos. A assessoria do ministério da Saúde garantiu que as medidas não foram elaboradas "às pressas".

Desde que a Operação Vampiro veio à tona, 25 funcionários do ministério foram exonerados, dez deles de forma "preventiva". A maioria atuava na comissão de licitação da pasta. Eles receberiam comissões de lobistas e empresários do ramo de medicamentos. Dois deles haviam trabalhado com o ministro Humberto Costa na Prefeitura de Recife


03/06/2004

Fonte: Terra

 

Curso Licitações

23/02/2024

Governo ES realiza Concurso Público: Ceasa-ES abre licitação para banca examinadora

Nesta última sexta-feira (23), a Ceasa-ES anunciou...

24/02/2024

Governo faz dispensa de licitação de R$ 225,6 milhões em programa de assistência técnica rural

O governo do estado convocou entidades de assistên...

23/02/2024

Prefeitura anuncia licitação para construção do Centro Administrativo

No dia 21 de fevereiro de 2019, Ribeirão Preto con...
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita