Marta Libera R$ 1,75 Mi para Cuiabá


A ministra do Turismo Marta Suplicy (PT) assinou ontem convênios no valor total de R$ 1,750 milhão para obras voltadas ao turismo e lazer na Capital, em visita à cidade. Os recursos viabilizarão, entre os projetos, a construção de um teatro na região do Porto, às margens do Rio Cuiabá, empreendimento que promete ser o novo cartão turístico da Capital.
Os contratos foram assinados por Marta Suplicy e o prefeito Wilson Santos, em cerimônia no Sesc Arsenal. Essa foi a primeira visita da ministra a Mato Grosso. A convite da Secretaria de Estado de Desenvolvimento do Turismo, ela chegou ao Estado na terça-feira, desembarcando direto no Pantanal. Em Cuiabá, se reuniu com o governador Blairo Maggi ao final da manhã. Após a assinatura, ela deixou a Capital durante a tarde.
De acordo com Marta Suplicy, a visita a Mato Grosso integra as viagens para conhecer as potencialidades turísticas espalhadas pelo país. “Assim podemos conhecer melhor as belezas naturais e conversar com os políticos locais para saber quais são as demandas em projetos no setor”, afirma.
A ministra explanou que Mato Grosso concentra o perfil do turismo do século 21, cuja demanda crescente é o ecoturismo. “Temos aqui as belezas naturais, as águas, a mata. Precisamos saber como ampliar isso”, destacou. Ela observa que o turismo é uma das atividades mais rentáveis no campo econômico, sendo assim um grande filão para o mercado mato-grossense. “Enquanto temos um PIB em vários países que cresce 2%, o turismo cresce 4%, com uma amplitude social muito grande”.
O Ministério irá aplicar R$ 1,1 milhão na construção do teatro no Porto, R$ 585 mil em obras de sinalização turística na própria região do Porto e mais R$ 100 mil para a construção de uma praça no bairro Boa Esperança. Os recursos já estão empenhados e os dois últimos projetos já estão licitados. Segundo o prefeito Wilson Santos, edital para a licitação da construção do teatro será lançado nos próximos dias.
O teatro cravado no cais do Porto é um dos projetos vislumbrados pelo arquiteto e ex-governador do Paraná Jaime Lerner, em consultoria prestada à prefeitura de Cuiabá no início da gestão do prefeito Wilson Santos. O empreendimento demanda um bolo total de R$ 2,750 milhões, sendo R$ 1,1 milhão assegurados no convênio firmado ontem com o Ministério do Turismo, o que corresponde a 40%.
Wilson posiciona que o pleito junto ao órgão federal é que o valor restante também seja custeado via ministério. Caso contrário, a prefeitura arcará com uma contrapartida de R$ 1,650 milhão. Em situação diferente, com a engenharia financeira totalmente viabilizada, a nova praça e as placas de sinalização turística começarão a ser implantadas ainda em janeiro.


17/01/2008

Fonte: Diário de Cuiabá

 

Avisos Licitações

13/06/2024

Curso On Line - Ao Vivo de Formação de Analista de Licitação e Contratação Pública

O Curso de formação Analista de Licitação ONLINE A...

15/03/2024

Cursos Presenciais - Nova Lei de Licitação e Contratação Pública - Florianópolis/SC

O Curso Presencial da Nova Lei de Licitação e Cont...

14/06/2024

Prefeitura de Araraquara lança licitação da segunda fase das obras na Via Expressa

A Prefeitura de Araraquara publicou, nesta quinta,...

13/06/2024

Licitação da obra da nova ponte entre São Valentim do Sul e Santa Tereza será aberta no dia 3 julho

A informação foi confirmada pelo prefeito de São V...
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita