Litoral paulista recebe investimentos de US$ 4,5 bi


O Litoral Norte de São Paulo se prepara para dar o seu maior salto no desenvolvimento econômico. As quatros cidades que integram a região - Ilhabela, São Sebastião, Caraguatatuba e Ubatuba - devem receber nos próximos cinco anos investimentos de R$ 4,5 bilhões em infra-estrutura, transportes e energia.
A parte mais visível deste conjunto de obras está na exploração do gás natural pela Petrobras. O empreendimento, que deverá entrar em operação em 2008, terá aporte de US$ 1,5 bilhão. A exploração do combustível vai gerar divisas em formas de royalties, além de 30 mil empregos na construção de uma base processadora na região.
A duplicação da Tamoios, a ampliação do Porto de São Sebastião e a construção de novos dutos deverão absorver cerca de R$ 1,5 bilhões, em recursos, basicamente, vindos dos governos federal e estadual. Em razão do ano eleitoral, dificilmente as licitações vão ficar prontas neste ano. A expectativa é que a maior parte destes empreendimentos comecem só a partir de 2008, embora já tenham sido aprovados nesta legislatura.
"Não é a região que precisa dessas obras. É o Brasil que não pode mais adiá-las, pois elas são imprescindível também para o desenvolvimento do País", afirmou o prefeito de São Sebastião, Juan Garcia (PPS), que, além da duplicação do porto, terá a renovação de toda uma malha de vias que dão acesso ao embarque e desembarque das cargas marítimas.
A Petrobras deve anunciar ainda nesta semana a escolha de Caraguatatuba ( 292 quilômetros a nordeste de São Paulo) para receber a base de processamento de gás natural do Campo de Mexilhão. O anúncio deverá coincidir com o aniversário da cidade, comemorado na próxima quinta-feira. "Faltam poucos detalhes para o martelo ser batido a nosso favor", afirmou o prefeito da cidade, José Pereira de Aguilar (PSDB), que disputa a indicação com São Sebastião.
A base de gás natural será a mais importante da Petrobras no País. A unidade processadora integrará o complexo da Bacia de Santos. Após a definição da área, as obras devem começar ainda neste semestre, de acordo com o cronograma.
A chegada de um grande conjunto de obras deve tirar o Litoral Norte da dependência exclusivamente do turismo e do comércio - atividades com grande dependência da sazonalidade e que tem trazido graves conseqüências nos últimos anos para o desenvolvimento da região.
"Hoje, por depender apenas do turismo, o comércio sofre com os efeitos perversos da sazonalidade, que traz grande instabilidade para a economia da cidade e desânimo por parte dos empresários", diz Paulo Bijos, presidente da Associação Comercial de Caraguatatuba. "Com a chegada da Petrobras, teremos uma vida econômica mais equilibrada e saudável", completa. Com a atividade da Petrobras em Caraguatatuba, a cidade poderá receber em royalties cerca de R$ 130 milhões.


18/04/2006

Fonte: Gazeta Mercantil

 

Curso Licitações

07/02/2023

Loteria Mineira publica edital de licitação para concessão da exploração de jogos

Foi publicado no Diário Oficial do Estado desta te...

06/02/2023

Prodest começa licitação para expandir ações de Service Desk nos órgãos estaduais

O Instituto de Tecnologia da Informação e Comunica...

06/02/2023

Prefeitura abre licitação por área de 1,7 mil metros quadrados no Parque dos Poderes

No dia 06 de março de 2023, às 9h, a Prefeitura Mu...

06/02/2023

Aberta licitação para construção de novos fóruns digitais

Foi publicada no Diário da Justiça, a abertura da ...
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita