Liminar cai e libera construção de reservatórios em Catanduva


A liminar que impedia o prosseguimento da licitação que objetivava a contratação de empresa especializada para a construção de quatros reservatórios foi suspensa. O processo licitatório permaneceu parado por quase 70 dias, devido à contestação judicial impetrada pela empresa Oficina Moura Ltda., do Mato Grosso.
Segundo o secretário de Saneamento Básico de Catanduva, César de Jesus Morasca, a empresa foi inabilitada no ato de abertura dos envelopes de documentos por não oferecer o sistema automatizado descrito no edital de licitação.
“Nossos reservatórios terão sistemas de telecomando e telemetria que possibilitarão que, do centro de reservação da Rua São Vicente de Paulo, acompanharemos o quanto é captado e o que temos de reservação, enfim teremos tudo computadorizado. A empresa que entrou com o pedido de liminar é especializada em construção de reservatórios, mas não trabalha com esse sistema”, explicou o secretário.
Morasca informou que a liminar foi derrubada na segunda-feira e no dia seguinte foram abertos os envelopes comerciais das empresas que disputavam o contrato.
A empresa Thesis Engenharia Ltda., de São José dos Campos, venceu a concorrência com a proposta de R$ 1.999 milhão.
A expectativa do secretário é que dentro de 15 dias seja expedida a ordem de serviço para que a empresa comece a construir o primeiro dos quatro reservatórios que serão implantados, na Vila Santo Antônio, com capacidade de reservação de dois milhões de litros de água.
O outro reservatório com a mesma capacidade será construído no Jardim Eldorado e dois menores, com capacidade para um milhão de litros cada, serão construídos nos bairros Flamingo e Colina do Sol.
Morasca já havia manifestado preocupação com o fato de a licitação permanecer parada por causa liminar. O abastecimento de água na cidade está ameaçado em função do alto consumo e o secretário já cogitou até mesmo de implantar sistema de rodízio entre os bairros para evitar-se “colapso” no abastecimento.
A construção dos novos reservatórios deverá “amenizar”, na opinião de Morasca, o risco de falta d’água. “É preciso que a população economize”, reafirma.


12/10/2007

Fonte: Noticia da Manhã

 

Curso Licitações

20/04/2024

Prefeitura de Gurupi publica licitação para construção da nova Rodoviária

Foi publicado na edição do Diário Oficial de Gurup...

20/04/2024

Governo vai construir mais 11 pontes de concreto em todo o Estado

A Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logísti...

20/04/2024

Prefeitura de Caxias abre nas próximas semanas licitação para implantar telemedicina

A Prefeitura de Caxias do Sul abre nas próximas se...

20/04/2024

Prefeitura insiste na revitalização do Bariri: nova licitação já foi publicada

Publicada a nova licitação para a construção do Pa...
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita