Licitação vencida por empresa foi parar na Justiça


A Leão Ambiental, que cuida da coleta de lixo, afirmou que recebeu da Prefeitura de Ribeirão Preto R$ 77.655.800,16 de 14 de junho de 1999 até o mês passado. O contrato se encerra em novembro deste ano. Segundo o Daerp, foram R$ 73 milhões entre 2001 e 2005.
O contrato foi assinado no penúltimo ano da administração do ex-prefeito Luiz Roberto Jábali (PSDB), que morreu no ano passado.
O valor inicial do contrato era de R$ 31,4 milhões, o que significa que o Daerp (Departamento de Água e Esgotos de Ribeirão Preto) já pagou nos seis anos 147,3% a mais. A inflação acumulada foi de 109,7%. A diferença, segundo a Leão, ocorre porque houve mais serviço.
Outras seis empresas participaram da licitação do serviço, pelo qual a prefeitura estimava pagar um mínimo de R$ 41,9 milhões. A proposta da Leão, no entanto, venceu, com R$ 31,4 mi.
A empresa, que cobrava R$ 32 por tonelada do lixo recolhida, propôs em 1999 R$ 17, o que fez com que uma das participantes, a Villanova, fosse à Justiça afirmar que o preço proposto era impossível de ser praticado. A Justiça chegou a conceder liminar suspendendo a licitação, mas deu vitória à Leão Ambiental.


20/08/2005

Fonte: Folha de São Paulo

 

Avisos Licitações

02/02/2023

Prefeitura de SP abre licitação para manutenção das ciclovias da capital

A Prefeitura de São Paulo, através da SMT (Secreta...

01/02/2023

Prefeitura divulga edital de licitação para construção de um novo ESF Caçador

Os moradores do bairro Caçador ganharão uma nova s...

01/02/2023

Prefeitura de Taubaté revoga licitação para compra de material escolar

A prefeitura de Taubaté revogou a licitação para c...
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita