Licitação para EBTs da Embratur tem dois concorrentes


RIO - O novo modelo de gestão dos Escritórios Brasileiros de Turismo (EBTs) no exterior só será definido após o resultado da licitação que está em curso e cujo resultado deverá ser conhecido no início de dezembro. Mas, a Embratur já considera a possibilidade de apostar nos avanços da tecnologia para construir uma rede virtual de relacionamento com os canais de distribuição no lugar da atual estrutura, que mantém uma base física em mercados chave. Duas instituições disputam o contrato com a Embratur: a Mark Up e a Federação dos Convention &; Visitors Bureaux, cujo modelo atual de gestão na forma de convênio com a Embratur foi questionado por órgãos de controle das esferas governamentais, que sugeriram a substituição do modelo. As propostas estão sendo analisadas por uma comissão de licitação composta por cinco gerentes da Embratur, conforme relata o diretor de turismo de lazer e incentivo da embratur, Ayrton Pereira:
- Não propusemos um modelo fechado para a licitação. Foram feitos alguns questionamentos para que os interessados pudessem apresentar as propostas. Fizemos uma avaliação da agenda dos executivos, a relação com o mercado e a representação do Brasil em feiras e eventos. Questionamos, por exemplo, a necessidade de os executivos estarem presentes no exterior os 30 dias do mês, ou baseados aqui durante um tempo.
O diretor da Embratur acrescenta que o novo sistema poderá considerar a possibilidade de manter o profissional no Brasil, em vez de basear um escritório no exterior, como tradicionalmente ocorre no caso de países como Espanha e França. Nesta opção, o executivo receberia diárias quando tivesse que viajar e um salário com base na realidade brasileira. No exterior, conta, Airton Nogueira Pereira Junior, os profissionais responsáveis pelos EBTs ganham, um salário mensal de 4.500 euros. Os encargos são pagos conforme a legislação brasileira, com base no valor do salário em euros.
- Talvez possa haver outros mecanismos tão eficientes e mais econômicos que estejam dentro da realidade institucional da Embratur. E mesmo que este modelo atual tenha que ser revisto, hoje, já conseguimos criar em cada um destes mercados uma relação com grupo de operadores que tem interesse em vender Brasil.
Pereira explica que a Embratur trabalha com a formação de grandes comitês de clientes, que passam a ser a referência e o parâmetro para as ações promocionais em cada mercado:
- Na Argentina, 100% dos canais que vendem Brasil participam deste comitê. Meu desafio agora é fazer chegar a minha mensagem à rede de distribuição destes operadores. Em parceria, vamos treinar e preparar agentes deste mercado para que estejam aptos a vender o Brasil. Se colocarmos isso de forma alinhada a outro programa que é o Brasil Network Travel, consigo criar este sistema moderno eficaz, com uma ferramenta capaz de construir uma rede online de vendedores do nosso produto turístico no mundo inteiro.
Atualmente, os escritórios de representação comercial do Brasil no exterior são mantidos pela Embratur com o objetivo de atuar na promoção comercial do país como destino turístico internacional. A Embratur mantém oito EBTs: seis na Europa (Londres, Paris, Lisboa, Milão, Frankfurt e Madri), um em Nova York e um em Brasília, que cuida dos países da América do Sul. Além disso, o Brasil também tem uma representação no Japão, mas em associação com os parceiros do Mercosul, em um projeto bancado pela agência de promoção do Japão, Jica.
Dos R$ 92 milhões que o Ministério do Turismo destinou à Embratur em 2005, R$ 4,8 milhões foram direcionados para a atual estrutura dos EBTs (2005 mais os dois primeiros meses de 2006). A implantação dos EBTs, ao longo de 2004 consumiu outros R$ 4,2 milhões, entre gastos com estrutura física, manutenção, estagiário, deslocamento destes funcionários que atendem feiras em pontos mercados próximos ao país onde o EBT foi instalado.


11/11/2005

Fonte: O Globo

 

Avisos Licitações

07/10/2022

Cursos Presenciais - Nova Lei de Licitação e Contratação Pública

O Curso Presencial da Nova Lei de Licitação e Cont...

03/02/2023

MPF divulga pregão eletrônico para aquisição de água mineral para unidade no PI

O Ministério Público Federal (MPF) torna público o...

03/02/2023

Licitação para ampliação do aeroporto de Cachoeiro pode sair neste ano

O projeto de reforma e ampliação do Aeroporto Muni...

03/02/2023

Raquel Lyra abre nova licitação de R$ 303 milhões. Saiba para qual finalidade

O Governo do Estado abriu uma licitação de R$ 303....
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita