Licitação da nova rodoviária será neste mês


A Prefeitura Municipal de Campo Grande lança no final deste mês licitação para a construção da nova estação rodoviária de Campo Grande, orçada em R$ 9,5 milhões. A previsão é que dentro de 90 dias após a publicação do edital sejam iniciadas as obras, que têm prazo de 18 meses para ser concluídas, informou ontem o prefeito Nelsinho Trad (PMDB), ao participar de audiência pública sobre o assunto no auditório do Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Planurb).
Durante o evento, foi apresentado o projeto arquitetônico do novo terminal, que ficará localizado numa área de 99 mil metros quadrados adquirida pela prefeitura ao custo de R$ 2 milhões, entre as avenidas Gury Marques e Brigadeiro Tiago, na região da saída para São Paulo. A estrutura da rodoviária – totalizando 6.211 metros quadrados de área construída, em desenho no formato de leque – terá 24 plataformas de embarque, sendo 20 delas cobertas, além de estacionamento com 295 vagas e área com capacidade para abrigar o dobro de vagas destinadas aos serviços de táxi e mototáxi do terminal atual, conforme informações da arquiteta responsável pelo projeto, Zuleide Higa, do departamento de projetos da Secretaria Municipal de Obras Públicas (Sesop). Entre outros diferenciais, o projeto prevê a construção de passarela de acesso para passageiros totalmente coberta desde a calçada até a plataforma e área de embarque climatizada.

Concessão
A licitação para construção da nova estação rodoviária se dará através de concessão de outorga onerosa, precedida de obra pública, e a empresa ou consórcio vencedor do certame terá prazo de 30 anos para explorar o empreendimento. Conforme informações do presidente da Agência Municipal de Serviços Públicos Delegados, Ariel Serra, na última semana a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semades) expediu licença de instalação para a obra, possibilitando dar prosseguimento ao certame.
Para concorrer à licitação, a empresa vencedora terá que cumprir uma série de exigências, entre elas, prover o terminal com sistema de monitoração eletrônica por circuito fechado de televisão e central de controle operacional, sistema de gerenciamento de controles e serviços informatizados e painel eletrônico para informação aos usuários, trazendo horários de partida e chegada, em sistema semelhante ao do Aeroporto Internacional de Campo Grande.


05/01/2008

Fonte: Correio do Estado

 

Avisos Licitações

23/02/2024

Governo ES realiza Concurso Público: Ceasa-ES abre licitação para banca examinadora

Nesta última sexta-feira (23), a Ceasa-ES anunciou...

24/02/2024

Governo faz dispensa de licitação de R$ 225,6 milhões em programa de assistência técnica rural

O governo do estado convocou entidades de assistên...

23/02/2024

Prefeitura anuncia licitação para construção do Centro Administrativo

No dia 21 de fevereiro de 2019, Ribeirão Preto con...
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita