Licitação da Iluminação Pública será em 2 de abril na Bolsa de Valores de São Paulo


O secretário de Governança e Transparência, Nilton Bobato, adiantou nesta sexta-feira, 8, que a licitação do novo sistema de iluminação pública de Foz do Iguaçu, através de parceria público-privada, será no dia 2 de abril na Bolsa de Valores de São Paulo. “O início dos serviços está previsto para junho. No curto prazo, Foz deverá economizar 30% com iluminação pública, o que poderá ser revertido em redução dos valores cobrados, além do salto de qualidade que transformará Foz do Iguaçu numa das mais iluminadas cidades do país”, disse Bobato, coordenador do programa das PPP.

O novo sistema, reitera Bobato, vai implantar lâmpadas de led nos 40 mil pontos de iluminação pública, incluindo praças, parques e prédios públicos. “O projeto, iniciado em 2022, é uma parceria com a Caixa Econômica Federal, Banco Mundial e governo federal, que fez toda a consultoria e o projeto para execução da PPP”, disse. Os estudos contaram com o apoio técnico e financeiro da International Finance Corporation (IFC) e Global Infrastructure Facility, vinculados ao Grupo Banco Mundial.

“Além dos 40 mil pontos, o projeto traz ainda a iluminação temática de vários prédios públicos, pontos turísticos e monumentos históricos de Foz do Iguaçu, ampliando as opções turísticas e a iluminação das faixas e passarelas de pedestres”, reforça o secretário.

Em todos os bairros
O projeto prevê a substituição de 100% dos pontos de iluminação pública, incluindo locais atualmente não atendidos pelo serviço, e maior eficiência na operação por meio da implantação de sistemas de telegestão, que permitirão o controle remoto do sistema. “O novo sistema garante maior agilidade na manutenção de lâmpadas e postes, além da iluminação de qualidade em todos os bairros. Teremos uma cidade mais segura, com melhor mobilidade urbana e os moradores vão poder aproveitar melhor os espaços públicos no período noturno”, disse o prefeito Chico Brasileiro.

“Além disso, com a iluminação especial de 18 pontos, daremos ainda mais força à atividade turística, gerando mais emprego e renda”, completou.

A previsão é de um investimento mensal de R$ 1,2 milhão, sem nenhuma cobrança adicional aos moradores. O valor é equivalente ao custo atual dos contratos de iluminação pública (energia elétrica e manutenção do sistema), e pode ser ainda menor, com redução de em torno de 50% do valor previsto inicialmente, a partir do leilão na bolsa de valores, conforme já ocorreu com outros municípios que fizeram contratações similares.

Projetos no Paraná
As PPPs viabilizaram seis outros projetos no Paraná. Em Toledo, o projeto alcançou mais de 24 mil pontos de iluminação. Em Curitiba, são mais de 160 mil pontos. Ponta Grossa avançou na estruturação dos projetos e em breve serão assinados os contratos.

Outros projetos estão na fase de elaboração de estudos como o Consórcio Intermunicipal para Desenvolvimento Regional de seis cidades – Fernandes Pinheiro, Imbituva, Inácio Martins, Irati, Mallet, Rebouças, Rio Azul e Teixeira Soares -, e em Fazenda Rio Grande.


10/02/2024

Fonte: GDia

 

Curso Licitações

01/01/2024

Cursos On Line AO VIVO - Nova Lei de Licitação e Contratação Pública

O Curso On Line Ao Vivo da Nova Lei de Licitação e...

29/01/2024

Curso On Line - Ao Vivo de Formação de Analista de Licitação e Contratação Pública

O Curso de formação Analista de Licitação ONLINE A...

15/01/2024

Cursos Presenciais - Nova Lei de Licitação e Contratação Pública - Florianópolis/SC

O Curso Presencial da Nova Lei de Licitação e Cont...

01/03/2024

Prefeitura obtém orientação da CBB e abrirá nova licitação para trocar piso do Moringão

Após conseguir obter uma normativa técnica expedid...
Notícias Informativo de Licitações
Solicite Demonstração Gratuita